Florianópolis retoma hegemonia da ginástica rítmica nos Jogos Abertos

A ginástica rítmica de Florianópolis retomou a hegemonia nos Jogos Abertos de Santa Catarina. Depois do vice-campeonato em Blumenau, no ano passado, a equipe da Capital, que é representada pela Adiee/Udesc, conquistou a medalha de ouro na classificação geral e voltou ao lugar mais alto do pódio no último dia de competições em Itajaí. Blumenau ficou com a prata e as anfitriãs de Itajaí com o bronze.

Este foi o oitavo título da equipe sob o comando da técnica Maria Helena Kraeski, que vinha de uma sequência de quatro conquistas até o vice de 2013. “Não tem felicidade maior. Nós treinamos bastante para poder superar nossa derrota do ano passado. Depois disso, revemos todo o nosso trabalho e demos a volta por cima. Então, esta vitória foi muito emocionante para todas nós”, afirmou a treinadora.

A manauense Bianca Mendonça, que voltou a integrar a equipe de Florianópolis depois de deixar a seleção brasileira no início do ano, comemorou a retomada da hegemonia. “Nós choramos, lutamos, treinamos, brigamos, reconciliamos, demos a volta por cima e o resultado não poderia ter sido outro. Em nenhum momento deixamos de acreditar. Com alívio de quem agora sabe que tudo o que passamos ao longo do ano valeu à pena, hoje gritamos: O campeão voltou sim!”, extravasou.

A manezinha Júlia Brum, formada nas categorias de base da Adiee/Udesc se emocionou com a conquista. “‘Grandes não são os que não caem, e sim os que se levantam’ Acho que essa frase resume bem o que passamos desde os Jasc do ano passado. Um ano cheio de dificuldades, diferenças e conflitos, mas no fim conseguimos superar todas essas falhas e fazer cada minuto no ginásio valer a pena. Só tenha a agradecer por fazer parte dessa equipe maravilhosa, por nos ensinarem a nunca desistir, a pensar no ‘nós’ antes do ‘eu’ e a ser feliz acima de tudo”, descreveu.

Mais Esportes