Florianópolis tem repeteco de campeões no Ironman, com quebra de recordes

Atualizado

Os brasileiros Igor Amorelli e Pâmella Oliveira garantiram, neste domingo (28), o bicampeonato do IRONMAN 70.3 Florianópolis, evento que abriu a série de disputas do Circuito IRONMAN no país em 2019. Melhor ainda, ambos quebraram seus próprios recordes mesmo sob chuva na capital catarinense.

Pâmella Oliveira – Fábio Falconi/Unlimited Sports/ND

Igor completou os 1,9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21 km de corrida com o tempo de 3h46min21seg (3h46min46seg no ano passado), enquanto Pâmella fez o percurso em 4h18min34seg (4h23min03seg). Ambos garantiram vaga no IRONMAN 70.3 World Championship 2019, em Nice (França), ao lado de 40 atletas da Faixa Etária.

A segunda edição do IRONMAN 70.3 Florianópolis movimentou a Praia do Ingleses na manhã deste domingo. Mesmo com tempo fechado e chuva fina ao longo de todo o percurso, os triatletas de 15 países, entre Elite e Faixa Etária, esbanjaram determinação e garra na abertura da temporada. O tempo também não afastou o público dentro o Oceania Park Hotel, base do evento, e ao longo dos trechos, vibrando com os desempenhos dos competidores.

Igor Amorelli, detentor de diversos títulos do IRONMAN 70.3, adicionou mais um resultado expressivo. Ele foi o segundo a completar a natação, logo atrás de Bruno Matheus, assumindo a ponta da corrida já no ciclismo. O brasileiro abriu em relação ao segundo colocado, a francês Ivan Jarrige e soube, no trecho final de corrida, administrar a vantagem para vencer e melhorar sua própria marca.

“É muito bom voltar a competir depois de um bom tempo e vencer. Eu estava mais preparado do que esperava e estou feliz com o resultado. Agora é retomar os treinos, pois daqui quatro semanas estaremos aqui de novo para o IRONMAN. A preparação para o full está no caminho certo e a vitória aqui foi prova disso. Agora é seguir focado, é bom vencer, mas temos que voltar os treinos, pois o principal ainda está por vir”, declarou Amorelli.

Recorde destruído

Se Igor teve uma performance extremamente positiva para garantir o recorde com 15 segundos a menos que o ano passado, Pâmella Oliveira simplesmente destruiu sua marca anterior baixando 4min29seg. A triatleta capixaba radicada em Balneário Camboriú liderou a prova de ponta a ponta, terminando com grande vantagem sobre a segunda colocada, a paulista de São José do Rio Preto Gisele Bertucci. Depois do bicampeonato no IRONMAN 70.3 Florianópolis, ela focará o IRONMAN Brasil (com distância full – 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,1 km de corrida), dia 26 de maio, em Jurerê Internacional.

“É maravilhoso vencer aqui novamente. Eu queria voltar a me sentir como uma quarta colocada do mundo e foi bom, pois me senti assim na natação e na bike nem se fala. Cansei um pouco na corrida, mas faz parte. Estou muito satisfeita e animada para o IRONMAN Brasil. Eu não estava tão ligada na questão do recorde e ouvi a galera gritando e aproveitei para acelerar. É sempre bom elevar o nível das provas”, disse a bicampeã.

Resultados 2019

  • Masculino
    1) Igor Amorelli (BRA), 3h46min21deg
    2) Yvan Jarrige (FRA), 3h49min45seg
    3) Bruno Matheus (BRA), 3h51min38seg
  • Feminino
    1) Pamella Oliveira (BRA), 4h18min24seg
    2) Luiza Cravo (BRA), 4h21min06seg
    3) Gisele Bertucci (BRA), 437min58seg
  • Campeões
    2019 – Igor Amorelli (BRA) e Pâmella Oliveira (BRA)
    2018 – Igor Amorelli (BRA) e Pâmella Oliveira (BRA)
  • Calendário das próximas competições
    09/06 – IRONMAN 70.3 Fortaleza
    04/08 – IRONMAN 70.3 Maceió
    22/09 – IRONMAN 70.3 Rio de Janeiro
    10/11 – IRONMAN 70.3 São Paulo

Mais conteúdo sobre

Mais Esportes