Conteúdo por Gazeta Esportiva

Fluminense derrota Inter, sai do Z4 e respira no Brasileirão

Atualizado

O Fluminense voltou a respirar no Campeonato Brasileiro. O Tricolor das Laranjeiras derrotou o Internacional por 2 a 1, em partida disputada na noite deste sábado, no Maracanã. O resultado fez a equipe carioca chegar aos 12 pontos ganhos, subir para a 16 ª colocação e deixar a zona do rebaixamento. O Internacional segue na sexta colocação com 20 pontos ganhos. Os gols foram marcados por Yony González e Natanael, contra, para o Fluminense. Edenilson anotou o gol da equipe gaúcha.

O time dirigido por Fernando Diniz soube aproveitar a opção do Internacional de escalar uma equipe alternativa para impor seu ritmo desde os primeiros minutos. Com boas atuações de Paulo Henrique Ganso e, principalmente, de Yony González, o Fluminense foi superior durante a maior parte do jogo e mereceu o resultado. O Internacional entrou muito inseguro em campo e só melhorou depois da entrada dos experientes D’ Alessandro e Edenilson, mas não houve tempo para tentar uma reação.

Na próxima rodada, o Fluminense vai visitar o Atlético-MG, no Independência; o Internacional vai receber o Corinthians, no Beira-Rio.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE-RJ 2 X 1 INTERNACIONAL-RS

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 3 de agosto de 2019 (Sábado)

Horário: 19h(de Brasília)

Público: 16.485 presentes

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa-PR)

Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

VAR: Rodrigo Ferreira(SC)

Cartão Amarelo:Ganso(Flu); Nonato e Edenilson(Int)

Gols:

FLUMINENSE: Yony González, aos 12 minutos e Natanael, contra, aos 24 minutos do segundo tempo

INTERNACIONAL: Edenilson, aos 46 minutos do segundo tempo.

FLUMINENSE: Muriel, Igor Julião, Nino, Digão e Caio Henrique; Allan(Airton), Daniel(Wellington Nem) e Paulo Henrique Ganso; Marcos Paulo(Nenê), Pedro e Yony González

Técnico: Fernando Diniz

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba, Zeca, Klaus, Bruno Fuchs e Natanael; Rithely, José Gabriel(D’Alessandro), Nonato(Edenilson)e Wellington Silva; Rafael Sobis e Tréllez(Willian Pottker)

Técnico: Odair Hellmann

Futebol