Fluminense vence Sport na Justiça, e clube pode receber R$ 5 mi por Diego Souza

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O Sport teve negado recurso impetrado no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro referente à venda de Diego Souza para o São Paulo.

Por decisão do desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira, o clube pernambucano não tem razão ao pedir o bloqueio obtido judicialmente na esfera judicial. O Fluminense alega ter direito a 50% da venda do jogador, o que renderia R$ 5 milhões ao Flu. O Sport se baseia em um e-mail redigido por Marcelo Teixeira, diretor da base, para negar o direito dos cariocas.

Na correspondência enviada por Teixeira aos dirigentes do Sport, o clube carioca disse que abriria conversas a partir de R$ 1 milhão, mas o Rubro-negro alega ter sido esse o valor fixado pelo Flu para que a transação fosse concretizada.

O magistrado determinou que os pagamentos aos dois clubes beneficiados pelo negócio sejam feitos em juízo pelo São Paulo, clube atual do meia.

“Mesmo que se considere válida a manifestação entre terceiros com força suficiente para interferir no vínculo obrigacional das partes, a correspondência eletrônica diz tão somente que o Agravado aceitaria transferir sua parte dos direitos econômicos para o próprio Agravante por R$1.000.000,00 (um milhão de reais), sem mencionar outra forma de negociação”, sustentou Figueira.

O caso segue na 5ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, e o Sport ainda pode recorrer.

Mais conteúdo sobre

Esportes