Conteúdo por Gazeta Esportiva

Fortaleza anuncia que venderá ingressos dos palmeirenses para a própria torcida

Atualizado

A novela envolvendo os ingressos para a torcida visitante no jogo entre Fortaleza e Palmeiras, no Castelão, ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira. O Leão do Pici anunciou que as entradas que ainda não foram adquiridas do setor destinado originalmente aos palmeirenses estarão agora à venda para a torcida local.

A decisão da diretoria do Fortaleza foi tomada após o STJD determinar, na quinta-feira, que o preço dos ingressos para a torcida do Palmeiras fosse reduzido de R$ 110 para R$ 50, já que esse é o valor do setor equivalente para os tricolores.

Torcedores do Fortaleza poderão adquirir ingressos no Setor Norte (Foto: Divulgação/Fortaleza)

No entanto, amparado pelo prazo ultrapassado de três dias para que o Verdão manifestasse o interesse de ter a carga de 10% dos lugares disponíveis no estádio, o Fortaleza anunciou, também na quinta-feira, que a venda dos ingressos para a torcida visitante foi interrompida.

Dessa forma, o time cearense abrirá a comercialização do restante das entradas do setor visitante para a torcida local. O preço desses ingressos será R$ 110, o valor que o clube planejara inicialmente cobrar dos palmeirenses. O Fortaleza ainda informou que os sócios têm entrada garantida no Setor Norte.

O Fortaleza entende que os setores Norte e Sul tem características distintas, o que permitiria a cobrança de um valor mais alto. Além disso, o clube se sente no direito de estipular o mesmo preço praticado pelo Palmeiras no jogo disputado no Allianz Parque.

Confira a nota oficial do Fortaleza:

O Fortaleza Esporte Clube informa que está disponibilizada para torcida do clube mandante, ingressos para o setor Superior Norte da Arena Castelão, seguindo o mesmo preço praticado para os visitantes, R$ 110,00 (inteira) e R$ 55,00 (meia). Sócio torcedor tem entrada garantida no setor.

Informa ainda que essa situação decorre em função de que a carga para o clube visitante foi disponibilizada até o dia 18/09/2019, considerando que o prazo de três dias úteis esgotou na data citada, sem que a Sociedade Esportiva Palmeiras tenha feito qualquer solicitação ou mesmo pagamento da carga descrita no artigo 86 do Regulamento Geral das Competições.

Futebol