Conteúdo por Gazeta Esportiva

Fortaleza vence Chapecoense e respira na briga contra o Z4 do Brasileiro

Atualizado

O Fortaleza recebeu a Chapecoense na noite desta quarta-feira no Castelão e venceu por 2 a 0, em confronto válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em duelo contra o rebaixamento, a equipe da casa se deu melhor e se afastou da zona da degola, enquanto os catarinenses seguiram na lanterna da classificação.

Os dois gols foram marcados já no segundo tempo. Aos quatro, Wellington Paulista cobrou pênalti sofrido por Romarinho e converteu. Aos 35, a bola sobrou mais uma vez para o camisa 9 dentro da área e o atacante deu números finais ao jogo.

(Foto: Reprodução/Fortaleza)

O Tricolor do Pici aproveitou a dificuldade da Chape para marcar e definiu a vitória. Com mais espaço, Felipe conduziu a bola na entrada da área adversária aos 35 minutos e deu bom passe em profundidade para Wellington Paulista. O atacante dominou livre já dentro da área e só precisou tirar do goleiro para ampliar o marcador.

O camisa 9, que também havia marcado de pênalti contra o São Paulo em derrota da 23ª rodada, chegou a nove gols no Brasileirão e se igualou como o quarto maior goleador do campeonato.

FICHA TÉCNICA

FORTALEZA 2X0 CHAPECOENSE

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Data: 9 de outubro de 2019 (quarta-feira)

Horário: 20h30 (de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Assistentes: Michael Correia (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)

VAR: Grazianni Maciel Rocha

Cartões Amarelos: Quintero, Juninho, Felipe e Wellignton Paulista (Fortaleza); Márcio Araújo e Everaldo (Chapecoense)

Gols: Wellignton Paulista, aos quatro minutos do 2º tempo, e aos 35 minutos do 2º tempo, para o Fortaleza

FORTALEZA: Marcelo Boek; Tinga, Quintero, Paulão e Carlinhos; Felipe, Juninho e Edinho; Romarinho (Mariano Vázquez), Wellignton Paulista (André Luis) e Oswaldo (Marlon).

Técnico: Rogério Ceni

CHAPECOENSE: João Ricardo; Márcio Araújo, Douglas, Rafael Pereira e Roberto (Renato Kayser); Elicarlos, Gustavo Campanharo (Locatelli) e Camilo; Régis (Arthur Gomes), Everaldo e Bruno Pacheco.

Técnico: Marquinhos Santos

Futebol