Conteúdo por Gazeta Esportiva

Gabigol destaca assistências e busca ser centroavante que não depende de gols

Depois de sair atrás do placar neste domingo, o Flamengo virou e derrotou o Bahia por 3 a 1, no Maracanã. Gabigol foi um dos destaques técnicos da partida, tendo marcado um gol e dado assistências para os outros dois tentos.

Após o apito final, o atacante revelou que tem a preocupação de ser participativo no jogo coletivo do Flamengo. Gabigol também disse que tem realizado trabalhos individualizados fora da Gávea.

“Tenho feito trabalhos extras em casa de alimentação e suplementação. Tem muita gente que pensa que é só o jogo, mas se não se alimentar bem, não se cuidar, isso não acontece. Fico muito feliz pelas assistências, meu maior medo é ser um centroavante que depende do gol, mas graças a Deus eu não dependo do gol. Busco ajudar meu time com movimentação e passes. Óbvio que é importante para o centroavante marcar gols, mas tento ser muito mais do que isso”, afirmou ao Premiere.

Com o 3 a 1 no placar, a torcida Rubro-Negra gritou “é, campeão!”. No entanto, Gabigol garante que o elenco prefere ser cauteloso em relação à garantia do título do Campeonato Brasileiro.

“Nisso eu vou ter que discordar da torcida. Temos mais jogos pela frente, o Palmeiras vem ganhando jogo atras de jogo, apesar de ter perdido o ultimo, o Santos também vem muito bem. Óbvio que a pontuação empolga, mas vamos manter o pé no chão e continuar trabalhando”, completou.

Com a vitória sobre o Bahia, o Flamengo chegou aos 77 pontos somados no Brasileirão, dez a mais do que o segundo colocado Palmeiras. Na próxima rodada, a equipe terá pela frente o Grêmio, em Porto Alegre, no domingo que vem, às 16h.

Futebol