Galdezani celebra primeiro gol pelo Galo, mas lamenta resultado ruim

Matheus Galdezani abriu o placar para o Atlético-MG, mas viu o time ceder ao empate para o Bahia duas vezes (Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)
Matheus Galdezani abriu o placar para o Atlético-MG, mas viu o time ceder ao empate para o Bahia duas vezes (Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)

O Atlético-MG repetiu as falhas cometidas diante do Palmeiras e, depois de segurar a vitória durante praticamente toda a partida, acabou sofrendo o gol do empate no último lance do jogo.

A equipe alvinegra abriu o placar aos quatro minutos, com gol de Matheus Galdezani e o Bahia pressionou durante todo o restante da etapa, mas não ultrapassou a defesa fechada do Atlético. Entretanto, aos 38 minutos do segundo tempo, os rumos da partida mudaram e Gilberto empatou. Persistente, o Galo assumiu a frente novamente, com gol de Ricardo Oliveira. Mas aos 48 minutos, Régis deixou tudo igual novamente.

Após a partida, o volante Matheus Galdezani, que marcou seu primeiro gol pela equipe alvinegra, comemorou a marca, mas lamentou o resultado, que fez o Atlético-MG perder uma posição na tabela e encerrar a 16ª rodada em quarto lugar, a sete pontos de distância do líder Flamengo.

-Fico feliz pelo meu primeiro gol com a camisa do Galo, mas fico triste pelo empate. Não podemos levar um gol assim no fim do jogo. Sofremos o jogo inteiro, conseguimos fazer o segundo gol, mas levamos o empate. Futebol é assim. Agora é pensar no próximo jogo, em casa, e conseguir os três pontos – declarou o jogador, que garantiu que a equipe vai trabalhar para ajustar o que deu errado – É uma desatenção. Temos que consertar durante a semana.

Autor do segundo gol, Ricardo Oliveira afirma que o resultado foi muito ruim para o Alvinegro, principalmente pelas circunstâncias da partida. O jogador lamenta, já que os adversários diretos venceram na rodada.

O segundo gol atleticano foi marcado por Ricardo Oliveira, que deixou o campo afirmando que o resultado foi ruim para a equipe mineira, que ainda foi prejudicada pela vitória do Internacional sobre o Botafogo, no último domingo.

– Foi um resultado ruim, sem sombra de dúvidas. Sabíamos da importância de vencer o jogo aqui, para continuar na parte de cima da tabela. Era fundamental, nossos adversários venceram. Pelas circunstâncias que apareceram para nós, foi um resultado ruim.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG volta aos gramados na próxima segunda-feira, quando recebe o Internacional, às 20h, no Independência. Um dia antes, no domingo, o Bahia tem a difícil missão de enfrentar o Fluminense no duelo de tricolores que acontece às 19h, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Mais conteúdo sobre

Esporte