Geninho assume responsabilidade por situação na tabela, mas volta a pedir reforços

Atualizado

O técnico Geninho voltou a cobrar reforços para que o Avaí consiga sair da atual situação. O Leão da Ilha foi facilmente derrotado pelo Palmeiras, dentro do Allianz Parque, por 2 a 0. O grupo retorna a Florianópolis onde terá alguns dias de folga até a apresentação para a “pré-temporada” que vai acontecer em Águas Mornas, enquanto ocorre a Copa América no Brasil.

Leia mais

Geninho foi repetitivo na coletiva. O comandante azurra voltou a pedir reforços para a sequência da competição onde o Avaí é lanterna com apenas quatro pontos. O time de Florianópolis (SC) é o único que vai para a parada da Copa América sem um único triunfo. Geninho voltou a falar das “boas atuações” contra os “grandes” e o lamento pela falta do resultado.

“Enfrentamos seis gigantes em nove jogos, resultados até normais. Os resultados que não são normais é o empate com o CSA e a derrota para o Ceará. Esses estão nos fazendo falta. Com nove pontos nossa situação seria preocupante, mas não tanto quanto essa”, entendeu.

O técnico revelou a necessidade de “melhorar muita coisa”, entre elas, a chegada de reforços que ajudem o clube a sair dessa situação na tabela. Geninho, que não falou nomes, voltou a lembrar a necessidade de jogadores “do meio para frente”.

Ao ser questionado sobre responsabilidades, fez questão de puxar para si a “culpa” pela campanha de 14% de aproveitamento.

“Não vou nem nunca fui de procurar culpados. A culpa é do treinador, eu assumo toda a responsabilidade pela situação”, disse.

Avaí de Caio Paulista saiu atrás no primeiro tempo em SP – Frederico Tadeu/Avaí

Futebol