Geninho sinaliza e Avaí deve repetir o time que empatou com o Vasco

Atualizado

Jonny Mosquera, com a bola, pode ser opção para o duelo contra o Ceará – André Palma Ribeiro/Avaí FC/divulgação

O técnico Geninho falou nesta sexta-feira (24) em sua última entrevista antes do jogo contra o Ceará, na segunda-feira, às 20h. O duelo fecha a sexta rodada da Série A e, na visão do técnico, será de “grandes dificuldades” para o Avaí que hoje ocupa a 17ª posição com três pontos. Por jogar depois dos demais, pode entrar em campo em situação ainda mais delicada. O treinador, no entanto, aposta suas fichas no momento da equipe para, finalmente, conquistar os três pontos.

O time deve ser o mesmo. Foi dessa maneira que o técnico sinalizou, ao ser questionado, sobre o grupo que entra em campo. A única dúvida está na vaga do capitão e suspenso Betão: Marquinhos e Kunde “brigam” pela vaga ao lado de Ricardo.

“O jogo é segunda, o Marquinhos tem condições de se recuperar lá e eu acredito que se recupere. No treino coletivo da manhã de domingo eu devo definir”, explicou o técnico.

Marquinhos treinou, com limitações, somente na quinta-feira já que foi acometido por uma virose. Ademais o time será o mesmo que começou contra o Vasco da Gama e teve, para muitos, a melhor atuação do ano.

“O jogador, assim como ele vê e lê críticas, ele faz isso com elogios. Agora eles têm a responsabilidade de repetir o bom futebol”, entendeu o comandante azurra.

Outra questão aguardada pela torcida é sobre o aproveitamento do meia Douglas. Geninho elogiou a semana do atleta que, em seu entendimento, está clinicamente recuperado. O técnico afirmou que agora espera ouvir uma posição do departamento físico e do próprio atleta. Sobre a “estreia” do camisa 10, Geninho pediu cautela com o retorno do experiente atleta: “Precisamos tomar cuidado”.

O Avaí entra deve ir a campo com: Vladimir; Lourenço, Ricardo, Marquinhos (Kunde) e Igor Fernades; Pedro Castro, Matheus Barbosa, Caio Paulista, João Paulo e Gegê; Brenner.

Mais conteúdo sobre

Futebol