Giba tem cinco dias para escapar da cadeia, segundo decisão judicial

Um habeas corpus de cinco dias é o que separa o ex-jogador de vôlei Giba da prisão. Ele teve prisão decretada no último dia 28 de agosto, em razão de processo movido por sua ex-esposa, Cristina Pirv. A acusação é de que Giba não vem pagando pensão alimentícia dos filhos do casal. As informações são do blog “Saída de Rede”, do Uol.

Defesa de Cristina Pirv, ex-esposa de Giba, havia feito novo pedido de prisão para Giba – Reprodução

Não é a primeira vez que Giba ganha manchetes em questões envolvendo a lei. Pelo mesmo motivo, quase foi preso no ano passado, tendo que quitar uma dívida de R$ 90 mil às pressas. Desta vez, a estimativa é de que a dívida esteja por volta dos R$ 200 mil.

O argumento da defesa é de que os valores foram estabelecidos na época em que ainda atuava, conseguindo projeção e dinheiro. A realidade hoje, fora das quadras, seria outra. Porém, ele ainda precisa comprovar esse fato na Justiça.

Campeão mundial com a seleção brasileira em 2002, Giba também se envolveu com caso de doping, naquele mesmo ano. Ele teve exame positivo para o uso da droga em jogo do Ferrara, à época seu clube na Itália.

Leia também:

Vôlei