Conteúdo por Gazeta Esportiva

Gil volta mais artilheiro e conclui retorno de 66% do “desmanche” de 2015

O zagueiro Gil volta ao Corinthians mais artilheiro e deixa o elenco cada vez mais próximo daquele que encantou o futebol brasileiro em 2015. O defensor é o quarto atleta que deixou o Timão entre dezembro daquele ano e janeiro de 2016 a acertar sua volta ao clube, reunindo-se desde terça-feira com os outros três que fizeram o mesmo caminho nos últimos anos.

Além dele, deixaram o Timão naquele período o volante Ralf, os meias Jadson e Renato Augusto, e os atacantes Malcom e Vagner Love. O zagueiro Felipe, o lateral esquerdo Uendel e o volante Elias, que formavam também a base titular, saíram ou no meio de 2016 ou ao final daquela temporada. Cássio e Fagner ficaram todo esse período no clube.

“Não tem o que falar dele, é só elogio. Vai agregar na parte de fora da equipe, questão de liderança dos mais jovens, de referência. Profissional dentro e fora de campo”, disse Cássio, um dos nomes que recepcionou de volta o companheiro com abraços e brincadeiras. Uma delas, aliás, envolveu a “veia artilheira” descoberta por Gil na China.

Autor de sete gols em 178 jogos com a camisa do Corinthians, Gil disputou mais de 50 partidas a menos no Shandong Luneng (125), mas anotou dez tentos pela equipe. Na avaliação do goleiro, essa será também uma arma importante da sua chegada.

“Vai agregar o patamar na parte defensiva e ofensiva. No ataque ele, de vez em quando, faz uns golzinhos. Bem de vez em quando (risos)”, concluiu o arqueiro corintiano.

Assim como era esperado, Gil voltou ao Timão já como titular no treinamento da quarta-feira, tomando a posição ocupada por Henrique desde o começo do ano passado. O próximo compromisso da equipe será no domingo, às 16h (de Brasília), contra o CSA-AL, na Arena Corinthians.

 

Futebol