Gilberto aprende com Gre-Nal da Arena: ‘Não podemos cair na provocação’

Latera-direito protagonizou confusão no final da vitória do Inter, admitiu que perdeu a cabeça, mas não quer que caso se repita neste domingo, no Centenário

Divulgação

O clássico Gre-Nal define o campeão gaúcho neste domingo. Para a partida das 16h, no Estádio Centenário, o Inter terá vantagem de até perder e ser campeão. O Colorado, por isso, não quer cair em nenhum tipo de provocação e perder a cabeça no duelo de número 401 com o maior rival, algo já comum em jogos de tal estilo. Quem faz o alerta é o próprio Gilberto, que teve um problema nos minutos finais do jogo.

Eram quase 45 minutos quando o lateral-direito estava segurando a bola pelo lado direito, quase na bandeira de escanteio. O camisa 2 era marcado por dois jogadores, um deles Wendell. O lateral-esquerdo gremista acabou atingindo o colorado de maneira mais forte. E uma confusão se instaurou, a primeira do jogo do dia 30.

– A gente não pode cair na provocação deles, eu meio que perdi a cabeça naquele lance na Arena. Mas está tranquilo, já olhei o lance e passou. Não vou para bater em ninguém, temos que ir com a cabeça fria – comentou o lateral-direito.

Manter a cabeça no lugar é a ideia colorada, que pretende administrar o jogo. Atacar, mas não se jogar ao setor ofensivo, já que pode até perder que será campeão – o quarto título gaúcho consecutivo.

Durante a semana, o clima esquentou dentro do próprio grupo colorado. O volante Willians e o lateral-esquerdo Fabrício discutiram em um lance no treinamento da sexta-feira. O técnico Abel Braga minimizou a situação e afirmou que “só não pode soco”. E lembrou que no vestiário da Arena, no Gre-Nal, houve uma discussão forte entre o grupo.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...