Gilson Kleina admite que classificação do Criciúma no Estadual ficou difícil

Atualizado

O Criciúma se complicou na busca por uma vaga às semifinais do Campeonato Catarinense. Quem admite é o próprio técnico Gilson Kleina. O Tigre perdeu para o Avaí por 2 a 0, em pleno estádio Heriberto Hülse, em Criciúma, no último domingo.

Criciúma vem de derrota para o Avaí em casa – Fernando Ribeiro/Futurapress/Estadão Conteúdo/ND

“Não é isso que a gente queria, mas temos sempre que brigar pela vitória e ter dignidade. Não sei como vai terminar, mas passava muito pela vitória no clássico para termos reais condições”, disse o treinador, que tem um empate e uma derrota até o momento.

Na sétima colocação, o Criciúma tem 18 pontos e pode ver a diferença para o G4 aumentar para cinco se o Brusque vencer o lanterna Tubarão, fora de casa. Faltam apenas três rodadas para o fim da fase classificatória.

Apesar de ainda sonhar com a vaga no G4, o Criciúma já está se planejando para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Nos próximos dias pode anunciar a contratação do lateral-direito Marcos Vinícius, que pertence à Chapecoense.

Mais conteúdo sobre

Futebol