Gladiador tem histórico longo em confusões em campo e fora dele

Na última quinta-feira, na partida contra o Bahia, Kleber protagonizou mais um episódio polêmico em sua carreira ao cuspir no volante Edson. Confira outras confusões

Kleber tem longa lista de polêmicas (Foto: Giuilherme Artigas/Fotoarena/Lancepress!)
Kleber tem longa lista de polêmicas (Foto: Giuilherme Artigas/Fotoarena/Lancepress!)

A partida entre Bahia e Coritiba foi marcada por confusão. Kleber, conhecido por seu temperamento, fez parte delas. Com uma cusparada no jogador do Bahia, o atacante do Coritiba acabou sendo expulso. Mas não é a primeira vez que o atacante se mete em confusões.

Confira algumas situações de conflitos em que o jogador se meteu!

Kleber deixa o cotovelo em André Dias – Março de 2008

Kleber foi suspenso por três jogos após cotovelada em jogador adversário. O atacante do Palmeiras e o zagueiro do São Paulo subiram para disputa de bola quando Kleber deu uma cotovelada em André Dias. O zagueiro teve que levar 7 pontos no rosto após a agressão.

Kleber empurra Lauro e leva um chute – Junho de 2009

Quando jogava pelo Cruzeiro, o atacante se envolveu em uma confusão com o então goleiro do Internacional Lauro. Kleber levou um chute do goleiro, após dar empurrão no mesmo. Os dois foram expulsos da partida que terminou empatada em 1 à 1.

“Fair Play é hipocrisia” – julho de 2011

Em 2011, no Campeonato Brasileiro, o jogador protagonizou mais uma fato polêmico na sua carreira. Após a bola ser posta para fora de campo para atendimento de um jogador da equipe alviverde na partida contra o Flamengo, o jogador colocou a bola em campo e partiu para o ataque, quando, na verdade, deveria tê-la ‘dado’ ao time adversário, como uma atitude de fair play. Após o lance, o jogador ainda disse em entrevista que achava que o fair play era uma hipocrisia.

Kleber briga com Felipão – 2011 e 2015

O atacante teve uma relação ruim com o técnico do Penta. Kleber e Felipão tiveram um desentendimento enquanto estavam no Palmeiras. Em 2011, a polêmica entre treinador e jogador se deu a partir do momento em que ele foi afastado da equipe. Kleber não gosta da maneira de Felipão comandar o time. A confusão entre os dois continuou quando em 2014, o técnico foi contratado para treinar o Grêmio e se recusou a trabalhar com Kleber, dada a confusão que já acompanhava os dois desde o período no Palmeiras. Kleber, que tinha contrato com o clube gaúcho desde 2012, foi desligado da equipe.

Kleber arruma confusão em boate – Janeiro de 2016

O jogador, junto à outros atletas do Coritiba, se envolveu em uma confusão na saída de uma boate em Foz do Iguaçu. A confusão teria se iniciado quando os segurança tentaram expulsar alguns dos atletas por mau comportamento. A confusão continuou do lado de fora da casa, quando os atletas teriam agredido um policial a paisana. Um dos seguranças da casa chegou a abrir um Boletim de Ocorrência contra Kleber por agressão.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...