Conteúdo por Gazeta Esportiva

Goiás recebe CSA visando retomar vitórias na Série A do Brasileirão

Atualizado

Abrindo a 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Goiás recebe o CSA no Serra Dourada, às 17h (de Brasília), buscando retomar o caminho das vitórias. Após uma sequência positiva, perdeu do Botafogo na última rodada e quer o triunfo para entrar no bolo do meio da tabela.

Na última rodada, o Esmeraldino conheceu sua primeira derrota no returno (Foto: Divulgação/Goiás)

O Esmeraldino vinha de quatro vitórias seguidas, contra Fluminense, São Paulo, Cruzeiro e Ceará, mas acabou perdendo do Glorioso na quarta-feira e estacionou na décima posição, com 33 pontos. Foi a primeira derrota da embalada equipe neste returno.

Para o duelo contra o CSA, que também está vivendo um bom momento neste segundo turno, o técnico Ney Franco não poderá contar com o meio-campista Léo Sena, que levou o terceiro amarelo e cumprirá suspensão. Marlone e Giovanni Augusto são as opções mais prováveis para substituir o jogador.

Do outro lado, o time alagoano é o 16º colocado, com 25 pontos conquistados, e vem de duas vitórias seguidas, a última contra o Internacional, por 1 a 0, e anteriormente diante do Avaí, por 3 a 1. Para esse confronto, porém, Argel Fucks poderá poupar Apodi, conforme sinalizou em coletiva de imprensa durante a semana.

“O Apodi vem numa sequência muito grande. A gente não sabe se vai levar ele para esse jogo do Goiás. O Apodi não é máquina, ele é um ser humano. Então, ele também está cansado, a sequência de jogo é muito forte, o jogo é sábado e faz um calor muito forte em Goiânia”, disse na ocasião.

Outros dois jogadores são ausência confirmada. A dupla Dawhan e Ricardo Bueno cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo e não estará à disposição. Celsinho e Alecsandro devem ser os substitutos, respectivamente. Por outro lado, Argel terá o retorno do zagueiro Alan Costa.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS X CSA

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 12 de outubro de 2019 (sábado)

Horário: 17h (de Brasília)

Arbitragem: Felipe Fernandes de Lima (MG)

Auxiliares: Sidmar dos Santos Meurer e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)

VAR: ​Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

GOIÁS: Tadeu; Yago Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Yago Felipe, Gilberto e Marlone (Giovanni Augusto); Leandro Barcia, Michael e Rafael Moura.

Técnico: Ney Franco

CSA: Jordi; Celsinho, Ronaldo Alves, Luciano Castán e Carlinhos; Naldo, Apodi e Jonatan Gomez; Bruno Alves, Bustamante e Alecsandro.

Técnico: Argel Fucks

Futebol