Goleiro de Curaçao morre em hotel na véspera de jogo no Haiti

O goleiro da seleção de Curaçao Jarzinho Pieter, de 31 anos, morreu em decorrência de um ataque cardíaco nesta segunda-feira (9), no Haiti, onde disputaria jogo com a equipe nacional local nesta terça, pela Liga das Nações da Concacaf (Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe).

Goleiro estava concentrado para a partida desta terça valida pelo grupo D da elite da Liga das Nações da Concacaf  – Reprodução/Instagram

O jogador e toda a delegação da ilha holandesa no Caribe estava hospedada em um hotel em Porto Príncipe, capital do Haiti e local onde aconteceria o jogo nesta noite, no estádio Sylvio Cator.

Leia também:

O ministro da Juventude, Esportes e Ação Cívica do Haiti, Edwing Charles, usou uma rede social para informar sobre a tragédia envolvendo Pieter.

“Estou no Hotel Marriott para acompanhar com a Federação Haitiana de Futebol o caso da morte do jogador da Seleção de Curaçao, Jairzinho Pieter, vítima de um ataque cardíaco”, relatou o representante do governo.

Goleiro titular da modesta equipe nacional, Eloy Room também usou uma rede social para se manifestar e falar do companheiro, que atuava no SV Vesta, clube da cidade de Willemstad, capital de Curaçao.

“Para sempre no nosso coração. RIP, lendário Pieter”, escreveu.

Haiti e Curaçao estão no grupo D da elite da Liga das Nações da Concacaf. As duas seleções se enfrentaram no sábado, em Willemstad, com vitória dos anfitriões por 1 a 0. A chave ainda tem a Costa Rica, que não estreou.

Futebol