Conteúdo por Gazeta Esportiva

Guerrero domina o jogo, valoriza vaga na final e avisa: “Agora é pensar no Brasil”

Atualizado

O atacante Paolo Guerrero dominou o jogo na noite desta quarta-feira, contra o Chile, na Arena do Grêmio, pela semifinal da Copa América. Contente pelo desempenho do Peru, ganhador da partida por 3 a 0, com um gol seu já no final da partida para selar o placar, ele exaltou a seriedade com que a equipe encarou a partida e projetou a decisão do torneio, no domingo, no Maracanã.

“Claro, foi um clássico, contra o Chile os jogos sempre são muito duros e nós fomos muito bem. Agora é descansar e pensar no Brasil, vai ser muito difícil”, comentou o camisa 9, maior artilheiro em atividade do torneio, com 13 gols marcados.

“Estou muito orgulhoso dos nossos companheiros. Nós nos concentramos, nos sacrificamos, colocamos muita intensidade no jogo. Merecemos estar na final”, avaliou o atleta, que voltou a reclamar de quem colocava o Chile era favorito. “Tem que ter mais respeito, respeito muito o Brasil e têm que respeitar o meu país também”, continuou.

O Peru, que havia passado três dos seus quatro jogos na competição sem conseguir vazar o adversário, conseguiu anular as melhores alternativas do adversário e abriu 2 a 0 ainda na etapa inicial. O tento final veio para coroar sua grande performance na casa gremista, justamente a do rival do Internacional, seu clube atual.

“Eu sempre digo que jogo para o time. Se eu tenho a oportunidade de fazer um gol, ótimo, se não, fico contente de ajudar a equipe”, concluiu o ídolo peruano.

A equipe do país bicampeão da competição (1939 e 1975) tem um treino marcado para as 10h30 desta quinta-feira, ainda em Porto Alegre, antes de embarcar para o local da partida do final de semana.

Copa América