Conteúdo por Gazeta Esportiva

Guerrero entra no top-10 artilheiros da história da Copa América; veja lista

Maior artilheiro da história do Peru, Paolo Guerrero colocou mais uma marca relevante em seu currículo na noite desta terça-feira. Autor de um gol na vitória de seu país sobre a Bolívia, no Maracanã, pela 2ª rodada do Grupo A, o atacante do Internacional entrou na seleta lista dos 10 maiores artilheiros da história da Copa América.

Presente continuamente no torneio continental desde 2007, Guerrero foi artilheiro das edições de 2011 e 2015, com cinco e quatro gols, respectivamente. Com três tentos somados aos nove que lhe renderam dois prêmios de goleador do torneio, o centroavante balançou a redes 12 vezes ao todo.

A marca, inclusive, coloca o camisa 9 ao lado do chileno Eduardo Vargas, que estreou nesta Copa América, com dois gols, como os artilheiros em atividade da competição. O líder da estatística geral é o brasileiro Zizinho, campeão em 1949 e dono de 17 tentos ao longo das edições em que jogou.

Além disso, Guerrero aumentou a supremacia no posto de maior goleador da história da seleção peruana, com 38 gols. Farfán, que marcou o segundo tento da vitória por 3 a 1 para cima da Bolívia, foi aos 25 e está a um de igualar o ídolo do país Teófilo Cubillas.

Confira os maiores artilheiros da Copa América:

1º – Zizinho – Brasil – 17 gols

Norberto Méndez – Argentina – 17 gols

3º – Severino Varela – Uruguai – 15 gols

Teodoro Feranndez – Peru – 15 gols

5º – Ademir Menezes – Brasil – 13 gols

Jair Rosa Pinto – Brasil – 13 gols

Batistuta – Argentina – 13 gols

José Manuel Moreno – Argentina – 13 gols

​Scarone – Uruguai – 13 gols

10º – Paolo Gurrero – Peru – 12 gols

Eduardo Vargas – Chile – 12 gols

Ángel Romano – Uruguai – 12 gols

Roberto Porta – Uruguai – 12 gols

Copa América