Guga prestigia ultramaratonista catarinense que tenta bater recorde mundial

Atualizado

O ex-tenista catarinense Gustavo Kuerten apareceu no Beiramar Shopping na manhã deste sábado (20) para apoiar a ultramaratonista Débora Simas, que tenta quebrar o recorde mundial de corrida em esteira.

Débora recebe visita de Guga. Até às 16h deste sábado, ela já havia percorrido 703,34 km – Adriana Laffin/Divulgação/ND

A missão de Débora é correr em uma esteira por sete dias seguidos. O desafio está acontecendo no vão central do Beiramar Shopping e durante uma semana ela terá que percorrer mais de 833 quilômetros e 5 metros. O recorde atualmente é da britânica Sharon Gayter, que é de 2011.

Até às 16h deste sábado, Débora já havia percorrido 703,34 km e faltavam apenas 129,71 km para atingir o recorde mundial.

Na reta final do desafio, a ultramaratonista vem recebendo cada vez mais apoio do público e de outros atletas. Além de Guga, o ultramaratonista Luciano Alves, integrante da seleção brasileira e campeão mundial, chegou nesta manhã no Beiramar Shopping pra acompanhar o desafio.

Confira galeria de fotos do desafio de Débora Simas

Confira como foram os últimos dias do desafio:

Dia 20/7

  •  Atleta teve uma noite mais tranquila e apresenta uma melhora no rendimento nesta manhã.
  •  Ao meio dia chegou a marca de 675 km percorridos.
  •  Completou 649,47 às 8h da manhã.
  •  O ultramaratonista Luciano Alves, campeão mundial pela seleção brasileira chegou hoje cedo ao Beiramar Shopping para acompanhar a amiga Débora. Veio de São Paulo e disse que agora só vai embora quando terminar o desafio.
  •  O público tem atendido o pedido da atleta e comparecido no Beiramar Shopping para apoiá-la.
  •  Na manhã deste sábado Débora também passou pela avaliação obrigatória de fisioterapia e médicos e o que impressiona a equipe é a determinação e força de vontade.
  •  O Beiramar Shopping abrirá mais cedo neste domingo para que o público possa acompanhar de perto o final do desafio.

Dia 19/7

  •  Completou a marca de 576,01 ao meio dia.
  •  Essa noite ela teve uma queda, realizou uma parada mais longa para descanso e agora está renovada para alcançar a quebra de recorde mundial.
  •  Todas as paradas estão dentro do previsto, segundo a comissão organizadora.
  •  A organização e a própria atleta estão chamando a população de agora até domingo para acompanharem in loco o desafio, para darem apoio e ajudarem Débora nesses últimos kms.

Dia 18/7

  •  A estratégia é tentar recuperar mais energia, por isso as paradas para descanso passam a ser mais frequentes.
  •  Dormiu das 23h20 às 00h10, das 6h17 às 6h27 e das 8h10 às 8h20.
  •  Com base nas últimas médias, a atleta deve percorrer uma média de 5km/h para superar o recorde até domingo.
  •  Completou a marca de 437,61 a meia noite.
  •  Completou a marca de 454,97 às 4 da manhã.
  •  Completou a marca de 490,5 km ao meio dia.
  •  No período do desafio ela dormiu apenas 2h44 minutos.

Corrida