Conteúdo por Gazeta Esportiva

Gundogan admite que é justo o Liverpool ser campeão inglês

O meia Gundogan, do Manchester City, afirmou neste domingo que seria justo se o Liverpool fosse considerado campeão do Campeonato Inglês caso a temporada não volte devido a pandemia do coronavírus. Atualmente, os Reds estão 25 pontos na frente dos Citizens, que os são vice-líderes, e a apenas duas vitórias do título.

(Foto: Reprodução/Twitter)

“Para mim, tudo bem, sim (o Liverpool ser considerado campeão). Você precisa ser justo como esportista. Existem opiniões diferentes. Para clubes que tiveram uma temporada muito boa, obviamente não seria bom se o cancelamento fosse feito agora. Por outro lado, para clubes que não estão indo tão bem e talvez estejam nos locais de rebaixamento, um abandono obviamente seria adequado a eles”, disse à emissora alemã ZDF.

O alemão de 29 anos ainda comentou a situação de cortes de salários, que diversos times estão realizando, como o seu ex-time Borussia Dortmund, devido a paralisação do futebol, e disse estar de acordo com a decisão, mas entende quem for contra.

“É claro que acho que está tudo bem, isso é óbvio (corte de salários). Ainda não houve discussão na Inglaterra. Talvez seja porque os clubes ingleses são um pouco mais fortes financeiramente do que os clubes da Alemanha no momento. Não sei quem tem a palavra final nessa decisão. Por outro lado, se um jogador disser ‘não, eu não quero isso, trabalhei duro por isso, recebo meu salário’, então ele pode ir na direção oposta. Para mim, pessoalmente, tudo bem, mas, para ser honesto, você precisa ser tolerante e, se houver jogadores contra, isso também é uma situação aceitável”, completou.

Futebol