Conteúdo por Gazeta Esportiva

Há 17 anos, Liédson dava show e marcava quatro em goleada do Corinthians

Poucos atletas fizeram tanto sucesso em tão pouco tempo no Corinthians como Liédson. Bastou uma temporada para o atacante cair nas graças da Fiel, em 2003, e mais duas para se consolidar como ídolo entre 2011 e 2012. Nesta segunda-feira, um dos jogos mais brilhantes do Levezinho pelo Timão completa 17 anos.

No dia 1 de junho de 2003, o Corinthians goleou o Vitória por 4 a 0, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro, e Liédson brilhou, marcando todos os gols do jogo. O atacante teve um começo muito bom naquele ano, mas foi nesta partida que deu o seu primeiro show com a camisa alvinegra.

Apesar do placar elástico, o primeiro tempo não foi tão tranquilo para a equipe então comandada por Geninho. Tanto é que Liédson só balançou as redes pela primeira vez aos 39 minutos, após pegar a sobra na pequena área em cobrança de escanteio.

Na segunda etapa, entretanto, o jogo mudou e o camisa 9 do Timão se transformou no cara da partida. Logo no primeiro minuto, Liédson recebeu no meio da área e finalizou no cantinho para ampliar. O terceiro gol veio aos 18, e aos 42 o Levezinho deu números finais à goleada, finalizando no contrapé do goleiro adversário.

Em sua primeira passagem, o Liédson atuou apenas em uma temporada pelo Corinthians, e com 22 gols em 33 jogos, conquistou a admiração da torcida. Depois de ir para o Sporting, de Portugal, e virar ídolo por lá, o atacante voltou para o Timão em 2011 e virou um xodó da Fiel de vez. Foram mais 72 jogos e 27 gols.

Em 2003, conquistou o Campeonato Paulista pelo clube, e em seu retorno ainda levantou o Campeonato Brasileiro de 2011 e a Libertadores de 2012. Mesmo já experiente e brigando contra dores fortes no joelho em sua segunda passagem, teve papel importante nos dois títulos.

Futebol