Há 80 anos, São Paulo goleava o Santos em primeiro jogo de futebol profissional do Brasil

Divulgação

O clássico entre São Paulo e Santos é mais do que apenas um clássico. O San-São representa, para o futebol brasileiro, a primeira partida profissional de sua história.

Há exatos 80 anos, no dia 12 de março de 1933, as duas equipes entravam no gramado da Vila Belmiro para escrever a página inicial da profissionalização do esporte mais amado no Brasil.

O são-paulino Friedenreich, primeiro futebolista a ganhar a alcunha de ídolo nacional, foi o responsável pelo “gol de abertura” da nova era vivida pelo futebol no país. Na ocasião, o Tricolor, que ainda era São Paulo da Floresta, goleou o Peixe por 5 a 1, com direito a gols de Waldemar de Brito (duas vezes) e Araken Patusca (duas vezes) – Patusca, que nasceu e morreu em Santos, também defendeu o alvinegro praiano.

Na mesma temporada, o clube – que hoje é – do Morumbi foi vice-campeão paulista, atrás do à época Palestra Itália – hoje Palmeiras.

Mais conteúdo sobre

Esporte