Há quase um mês no Figueirense, reforços aguardam regularização junto a CBF

Atualizado

O Figueirense segue em preparação para a sequência da Série B na temporada. Na manhã desta sexta-feira (21) os atletas concluíram a etapa referente aos aspectos físicos. Com exceção dos jogadores que ainda têm alguma pendência clínica, os demais seguem para os intensivos técnicos e táticos. Entre o grupo, ao menos dois que estão treinando, mas não detêm liberação contratual: o zagueiro Héliton e o meia Andrigo.

Os dois tiveram seus nomes confirmados no Alvinegro no final de maio. O defensor de 23 anos buscado no Santo André, por exemplo, foi anunciado no dia 27 de maio e, até agora, não teve seu nome publicado no BID (Boletim Informativo Diário).

O segundo, bem da verdade, nem foi oficializado com as cores alvinegras. Apesar de estar treinando desde o início de junho, quando se juntou ao grupo, Andrigo não teve seu nome anunciado nos respectivos perfis, como é praxe com todos os reforços que desembarcam no bairro do Estreito.

Em contato com a assessoria do Figueirense, a estimativa é que ambos estejam regularizados até a reestreia da Série B agendada para o dia 13 de julho, em Belo Horizonte, contra o América-MG.

Outros dois reforços confirmados pelo clube, ambos laterais, já tiveram seus nomes publicados e estão aptos para estrearem: o lateral-direito Victor Guilherme e o lateral-esquerdo Roberto.

A justificativa emitida pelo clube, no entanto, é de que são necessários “ajustes de contrato” para, aí sim, as situações serem formalizadas.

O grupo de jogadores do Figueirense treina no final de semana, no CFT do Cambirela, sem o atendimento para imprensa.

*Até o fechamento da matéria – e do boletim da CBF, às 19h desta sexta (21), os atletas ainda não haviam sido regularizados

Zagueiro Héliton está com o elenco mas ainda não teve seu nome regularizado junto a CBF – FFC/divulgação

Futebol