Conteúdo por Gazeta Esportiva

Haiti vence Canadá e avança pela 1ª vez à semifinal da Copa Ouro

O Haiti conquistou uma vitória importantíssima na noite deste sábado. Enfrentando o Canada no estádio NRG, no Texas, pelas quartas de final da Copa Ouro, o time caribenho não se intimidou e acabou saindo de campo com o triunfo por 3 a 2, de virada, e, consequentemente, com a vaga inédita à semifinal do torneio da Concacaf. Os gols do Haiti foram marcados por Nazon, Bazile e Guerrier. David e Cavallini foram os responsáveis por colocarem os canadenses na frente.

A partida deste sábado tomou contornos dramáticos para os haitianos no primeiro tempo. Logo aos 18 minutos, Jonathan David abriu o placar para o Canadá soltando uma bomba de dentro da área depois de receber o passe de Alphonso Davies, que cobrou falta rapidamente, antes da defesa adversária se arrumar.

Dez minutos depois foi a vez de Cavallini ampliar para os canadenses em Houston, no Texas. O atacante recebeu ótimo passe em profundidade de Arfield, saiu mano a mano com o goleiro do Haiti, driblou o rival e precisou apenas empurrar a bola para o fundo das redes.

Mas, quando todos imaginavam que o Canadá iria ser o responsável por acabar com o sonho dos haitianos de chegarem à semifinal da Copa Ouro pela primeira vez na história, a situação mudou da água para o vinho. Mais ligado no segundo tempo, o Haiti descontou logo aos cinco minutos depois de a defesa canadense vacilar, e Duckens Nazon conseguir travar o chute do goleiro, ficando com o gol livre para estufar as redes.

Já aos 25 minutos, o que parecia bem distante aconteceu. Depois de o árbitro marcar pênalti a favor do Haiti, Hervé Bazile foi para a cobrança e não desperdiçou, deixando tudo igual na partida e reacendendo a esperança dos caribenhos.

Coube a Guerrier garantir o feito histórico para o Haiti aos 36 minutos. Ducken Nazons, autor do primeiro gol haitiano, arrancou pela esquerda, fez jogada individual e deu lindo passe em profundidade para Guerrier, que passou nas costas da zaga, dominou, tirou do goleiro canadense e tocou para o fundo das redes, garantindo a classificação da seleção do Caribe.

Futebol

Conteúdo por Gazeta Esportiva

Haiti vence Canadá e avança pela 1ª vez à semifinal da Copa Ouro

O Haiti conquistou uma vitória importantíssima na noite deste sábado. Enfrentando o Canada no estádio NRG, no Texas, pelas quartas de final da Copa Ouro, o time caribenho não se intimidou e acabou saindo de campo com o triunfo por 3 a 2, de virada, e, consequentemente, com a vaga inédita à semifinal do torneio da Concacaf. Os gols do Haiti foram marcados por Nazon, Bazile e Guerrier. David e Cavallini foram os responsáveis por colocarem os canadenses na frente.

A partida deste sábado tomou contornos dramáticos para os haitianos no primeiro tempo. Logo aos 18 minutos, Jonathan David abriu o placar para o Canadá soltando uma bomba de dentro da área depois de receber o passe de Alphonso Davies, que cobrou falta rapidamente, antes da defesa adversária se arrumar.

Dez minutos depois foi a vez de Cavallini ampliar para os canadenses em Houston, no Texas. O atacante recebeu ótimo passe em profundidade de Arfield, saiu mano a mano com o goleiro do Haiti, driblou o rival e precisou apenas empurrar a bola para o fundo das redes.

Mas, quando todos imaginavam que o Canadá iria ser o responsável por acabar com o sonho dos haitianos de chegarem à semifinal da Copa Ouro pela primeira vez na história, a situação mudou da água para o vinho. Mais ligado no segundo tempo, o Haiti descontou logo aos cinco minutos depois de a defesa canadense vacilar, e Duckens Nazon conseguir travar o chute do goleiro, ficando com o gol livre para estufar as redes.

Já aos 25 minutos, o que parecia bem distante aconteceu. Depois de o árbitro marcar pênalti a favor do Haiti, Hervé Bazile foi para a cobrança e não desperdiçou, deixando tudo igual na partida e reacendendo a esperança dos caribenhos.

Coube a Guerrier garantir o feito histórico para o Haiti aos 36 minutos. Ducken Nazons, autor do primeiro gol haitiano, arrancou pela esquerda, fez jogada individual e deu lindo passe em profundidade para Guerrier, que passou nas costas da zaga, dominou, tirou do goleiro canadense e tocou para o fundo das redes, garantindo a classificação da seleção do Caribe.

Futebol