Conteúdo por Gazeta Esportiva

Handebol masculino estreia com vitória no Pan em busca do tetra

A seleção feminina de handebol já terminou sua participação no Pan: uma medalha de ouro e o hexacampeonato na bagagem, além da vaga para a Olimpíada de Tóquio. Agora, a masculina pretende fazer bonito também na busca pelo tetracampeonato e da vaga para 2020 – e começou bem. Na noite da última quarta-feira, os brasileiros venceram o México pelo placar de 33 a 23 e garantiram dois pontos pelo Grupo B.

Felipe Borges foi um dos destaques da partida, com nove gols marcados (Foto: Reprodução/Instagram)

Os grandes destaques do duelo ficaram por conta de Felipe Borges e Haniel Langaro, que fizeram nove e seis gols, respectivamente. Superior na maior parte do tempo, a seleção começou bem, com gols dos dois destaques e boas defesas do goleiro César Bombom. Os mexicanos reagiram aos ataques, mas também cometia alguns erros, bem aproveitados pelos brasileiros, que iniciaram a caminhada no Pan com o pé direito.

A medalha de ouro é o grande desejo da equipe, que vem para esse Pan no melhor momento da história. Eles conquistaram o nono lugar no Mundial de 2019, com a melhor colocação em todas as edições, além de poder contar com nomes de peso da modalidade mundo afora. Sem tempo para descanso, eles voltam à quadra nesta quinta-feira, às 20h (de Brasília) para enfrentar o Peru. Depois, pegam Cuba na sexta-feira, às 22h30.

Para conquistar a vaga para a Olimpíada de Tóquio, no Japão, em 2020, o time do Brasil precisa ser campeão igual nas edições de Toronto, em 2015, em Santo Domingo, em 2013, e no Rio de Janeiro, em 2007. Além dessas medalhas de ouro, a equipe também possui quatro pratas (2011, 1999, 1995 e 1991) e um bronze (1987).

Pan 2019