Hemerson Maria prega respeito ao Bragantino, mas acredita em vitória do Figueirense

Gol de João Diogo, nesta terça, contra Brasil de Pelotas – Matheus Dias/Figueirense/ND

O Figueirense entra em campo nesta terça-feira (21), mais uma vez, pela abertura da 5ª rodada da Série B, diante do Bragantino. O Furacão quer comprovar, em campo, que toda turbulência do clube está alheia ao vestiário comandando por Hemerson Maria e companhia. Ainda sem perder nesta Série B, o Alvinegro encara um dos times considerados a sensação do campeonato. O time adversário, entretanto, vem de uma derrota para o agora líder Londrina e quer a recuperação ao lado do seu torcedor.

O momento no bairro do Estreito não é dos mais fáceis. Troca na linha administrativa do clube, acusações e mágoas dos dois lados. Nada disso, entretanto, deve interferir, em tese, no time de Hemerson Maria que ainda goza da sua primeira vitória na competição. Com o vestiário “blindado” Maria aposta na organização do seu time para arrancar os três pontos em Bragança Paulista de um time que já é considerado adversário direto.

“Foi uma semana importante. Conseguimos a primeira vitória na competição que serviu para nos colocar numa boa posição na tabela, apesar de não ser ainda aquilo que o Figueirense almeja, que é brigar entre os primeiros por uma das quatro vagas”, entendeu o técnico.

Sobre o duelo contra o Bragantino, o comandante alvinegro reconhece a qualidade do adversário, mas acredita no potencial do Furacão para voltar do interior paulista com os três pontos.

“Estão bem na competição e fizeram um grande investimento para que possam subir. Vamos encarar da melhor maneira possível, pois vai ser um jogo muito difícil, mas, ao mesmo tempo, sabemos que podemos ir lá e conseguir uma vitória que pode, inclusive, nos colocar dentro do G4.

O grupo fez um último treino nesta segunda-feira, em São Paulo e o técnico Maria, como de praxe, faz mistério para divulgar o time que vai sair como titular.

Pelo lado do técnico Antônio Carlos Zago, a situação não é diferente. O treinador da equipe adota o mistério para o duelo contra o Figueirense.

Ficha técnica:

Bragantino: Júlio César; Lucas Ramon, Léo Ortiz, Ligger e Rafael Carioca; Barreto, Uillian Correia, Ytalo, Thiago Ribeiro e Wesley; Claudinho (Vitinho). Técnico: Antônio Carlos Zago.

Figueirense: Denis; Pereira (Victor Guilherme), Alemão, Ruan Renato e Breno (Brunetti); Zé Antônio, Betinho, Tony e Fellipe Mateus; João Diogo e Rafael Marques. Técnico: Hemerson Maria.

Local: Nabi Abi Cheddid, em Bragança Paulista (SP). Data: 21/05/19. Hora: 21h30

Arbitragem: Alexandre Vargas de Tavares (RJ), auxiliado por Diogo Carvalho Silva (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ).

Futebol