Conteúdo por Gazeta Esportiva

Herói no Maracanã, Guerrero explica estratégia da virada do Peru

O Peru conseguiu uma importante vitória na noite dessa terça-feira. Mesmo saindo atrás da Bolívia, a equipe de Ricardo Gareca empatou com Guerrero ainda na primeira etapa e virou no tempo complementar com gols de Farfán e Flores. Dono de um gol e uma assistência, o camisa 9 fez sua análise dos 45 minutos iniciais dos rojiblancos.

“Nos primeiros minutos não encontramos o ritmo de jogo, mas mantivemos a posse de bola, mesmo sem conseguir fazer tanto contra a Bolívia. Aí veio o pênalti que nos complicou um pouco, mas rapidamente conseguimos o gol que nos deu mais tranquilidade, terminando o primeiro tempo em 1 a 1.”, disse Guerrero.

O atacante ainda revelou uma conversa no intervalo da partida para que o time marcasse no campo do adversário e fosse mais incisivo quando tivesse a posse de bola, mudando a postura mais conservadora do período inaugural.

“Conversamos no intervalo que teríamos que adiantar as linhas, ser mais agressivos na marcação. Isso deu resultado. Melhoramos a troca de passes, ficamos mais com a bola e criamos mais para fazer os gols.

Com quatro pontos conquistados, a seleção peruana fica em ótimas condições para fechar a primeira fase com a vaga ao mata-mata. Pela última rodada da chave, os rojiblancos pegam a Seleção Brasileira, neste sábado, na Arena Corinthians, às 16 horas (de Brasília).

Copa América