Hoje no Porto, lateral cutuca o Benfica, seu ex-time: ‘Não fui valorizado’

Depois de oito anos no Encarnado, Maxi Pereira se transferiu para o Dragão

Divulgação

Um dos jogadores com mais identificação com o Benfica nos últimos, o lateral-direito Maxi Pereira trocou o Encarnado pelo Porto neste ano, e demonstrou estar magoado com o seu ex-time. O uruguaio é capa da nova edição da revista Dragões, publicação oficial do clube, e na manchete, o atleta de 31 anos disse que não foi valorizado pelo Encarnado durante o processo de renovação de contrato. O material ainda será publicado na íntegra.

Depois de se destacar pelo Defensor, Maxi Pereira foi contratado pelo Benfica em 2007, e por lá ficou até 2015. Neste período, conquistou 11 títulos, sendo três edições do Campeonato Português, inclusive as duas últimas. No fim da última temporada, encerrou-se o seu contrato, e acabou não renovando. Já adaptado ao país, acabou aceitando a proposta do Porto. E em entrevista recente ao jornal uruguaio Ovación, explicou a situação.

Maxi na capa da revista do Porto (Foto: Reprodução)
 

– Estive oito anos no Benfica e na última temporada, quando estava prestes a terminar o contrato, não fizeram muito esforço para o renovar. Se queriam tanto um jogador – como diziam – esperavam que terminasse o contrato? Afinal, não sei se me queriam assim tanto… – disse Maxi ao jornal.

Maxi Pereira chegou ao Porto para substituir o brasileiro Danilo, lateral-direito que foi vendido ao Real Madrid. titular absoluto desde que foi contratado, o uruguaio já entrou em campo pelo Dragão em 10 oportunidades.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...