Conteúdo por Gazeta Esportiva

Holanda vence Canadá por 2 a 1 e avança em primeiro no Grupo E

Atualizado

Em partida equilibrada, no Estádio Auguste-Delaune II, em Reims, que valia a liderança do Grupo E da Copa do Mundo feminina, a Holanda venceu o Canadá por  2 a 1. Com esse resultado, as holandesas enfrentam as japonesas nas oitavas de final. Já as canadenses avançaram na segunda posição e enfrentam a segunda colocada do Grupo F.

Logo aos dois minutos, a árbitra assinalou pênalti para o Canadá. Após checar o lance no VAR, ela confirmou a falta fora da área. A cobrança de Sinclair foi na barreira. Aos 21 minutos, Huitema fez o primeiro gol para as canadenses, mas a assistente marcou impedimento. Aos 30 minutos, Van de Saden cruzou, a goleira espalmou no travessão e a atacante holandesa quase aproveitou para abrir o placar. Na sequência, Miedema recebeu na área e chutou na trave.

As holandesas voltaram para a segunda etapa em um ritmo forte. Logo aos oito minutos, Dekker abriu o placar de cabeça. Sinclair quase conseguiu o empate. Ela recebeu passe em profundidade e chutou para fora, mas a assistente já marcava impedimento. Pouco depois, a atacante conseguiu o gol de empate. Lawrence cruzou rasteiro da direita e Sinclair aproveitou na segunda trave para superar a goleira.

O Canadá ganhou um novo ânimo com o gol. Ficou com mais posse de bola e tentava criar chances de ataque. Aos 30 minutos, Van Lunteren cruzou pela direita e Beerensteyn chegou de carrinho para fazer o segundo da Holanda.

Camarões vence a Nova Zelândia e se classifica na terceira posição

No outro jogo do grupo, no Estádio de la Mosson, em Montpellier, Camarões e Nova Zelândia disputaram a terceira posição. A seleção africana venceu por 2 a 1 e garantiu vaga nas oitavas de final. Com os mesmos três pontos da Nigéria, que ficou na terceira colocação no Grupo A, as camaronesas avançam por terem marcado um gol a mais.

A seleção de Camarões começou a partida partindo para o ataque. Enquanto a Nova Zelândia errava muitos passes, as camaronesas tiveram sua primeira oportunidade aos 11 minutos. Onguene chutou colocado e a bola passou perto da trave. Pouco depois, ela tentou finalizar por cima da goleira, que conseguiu fazer a defesa. No fim do primeiro tempo, a Nova Zelândia conseguiu equilibrar a partida e chegar ao ataque.

Na segunda etapa, o jogo ficou mais aberto. As neozelandesas melhoraram ofensivamente e finalizaram, sem perigo, no primeiro minuto. No entanto, quem marcou o primeiro gol foi Camarões. Njoya recebeu na área, passou pela marcação e chutou rasteiro na saída da goleira.

Após o gol sofrido, a Nova Zelândia tentou empatar. Aos 21 minutos, Gregorius finalizou de cabeça e quase marcou. Na sequência, Camarões teve várias chances de ampliar, mas a goleira Nayler impediu. Porém, aos 34, Awona fez gol contra e empatou o confronto. No final, Wilkinson teve uma grande chance dentro da área e acabou desperdiçando.

Nova Zelândia foi para a pressão. Mas quem conseguiu sair com a vitória foram as camaronesas. Aos 49 minutos, Nchout recebeu no contra-ataque, passou pela marcação e chutou colocado para garantir a terceira posição do grupo e a vaga nas oitavas de final.

Copa do Mundo Feminina