Conteúdo por Gazeta Esportiva

International Board suspende cartão para goleiras em disputa de pênaltis

Terminada a fase de grupos da Copa do Mundo feminina, a Fifa decidiu promover uma mudança na regra da disputa de pênaltis para os duelos mata-mata. Nesta sexta-feira, a International Board (IFAB), órgão que regulamenta as regras do futebol, acatou um pedido da entidade máxima do futebol para suspender o cartão amarelo dado às goleiras que se adiantarem.

Definida para o restante da competição de seleções feminina, a medida, no entanto, é de caráter temporário e foi tomada para evitar que as arqueiras sejam expulsas na disputa por pênaltis. De acordo com a nova regra, as goleiras devem ser punidas com cartão caso não estejam com ao menos um dos pés sobre a linha no momento em que o cobrador entra em contato com a bola.

A nova regra, no entanto, depende da interferência do VAR, que revisa o lance a fim de concluir o adiantamento ou não das goleiras. No comunicado em que confirmou a mudança temporária, a International Board alertou que “o árbitro de vídeo atua como um impedimento ainda maior para os goleiros, já que eles sabem que qualquer intromissão será detectada pelo VAR se não for observada pelos árbitros dentro de campo”.

“O IFAB apoia totalmente a penalização aos goleiros por não estarem de acordo com as Leis do Jogo e ganhando uma vantagem injusta. No entanto, durante as fases eliminatórias da Copa do Mundo Feminina da FIFA 2019 na França, uma dispensa temporária foi dada à FIFA pela exigência de advertir um goleiro que é penalizado por uma punição que resulte em um chute sendo repetido”, escreveu a International Board.

Copa do Mundo Feminina