Invicto e líder, Figueirense encara um Joinville em 8º e sem vencer no estadual

Treinamento do Figueirens - Figueirense FC/divulgação
Aquecimento do Figueirense – Figueirense FC/divulgação

O líder Figueirense joga nesta sábado (2), às 19h, contra o Joinville, no Norte do Estado, em rodada válida pela sexta rodada do Catarinense. Se o time de Hemerson Maria ainda não perdeu na competição, o rival entra em campo pressionado já que ainda não venceu após cinco rodadas. O tom, em ambos os lados, é de mistério.

>>> Figueirense apresenta o zagueiro Ruan Renato

O treinador alvinegro tem motivos para celebrar o momento. Depois de admitir que os resultados “são melhores” que o desempenho apresentado até aqui, Maria projeta manter a invencibilidade diante do JEC, rival histórico do Furacão e clube importante na trajetória do profissional.

Maria poderá contar com os zagueiros Wesley e Ruan Renato; e o lateral-direito Alemão, todos liberados junto ao BID (Boletim Informativo Diário) da CBF. A tendência, no entanto, é que o time que venceu o Avaí, no último domingo, seja repetido diante do Tricolor do Norte. Entre os desfalques certos estão o meia Juninho, que terá que ficar parado por três semanas, além do goleiro Alisson, em recuperação após cirurgia realizada ainda em 2018. Quatro titulares de Maria estão pendurados com dois cartões amarelos e não está descartada a substituição de um deles: Alemão, Pereira, Zé Antônio e Betinho. 

O último treinamento, contudo, foi todo fechado no estádio Orlando Scarpelli e o tom é de mistério. Willian Pop, atacante, contratado recentemente e liberado no BID, corre por fora por uma vaga no setor de frente do alvinegro.

O clima no Norte do Estado é de preocupação. Em entrevista coletiva concedida antes do último treino, o técnico Zé Teodoro, pressionado pelo momento do JEC, falou em “jogo da vida” contra o Figueirense. Wellington Rato, que sentiu uma lesão na última rodada, é desfalque certo. O time titular deve ser confirmado apenas uma hora antes da partida. “Estamos preparando uma estratégia, estudamos o adversário e eu vou passar para os jogadores, vou tentar neutralizar as coisas positivas que o Figueirense tem, motivar os jogadores e tentar fazer um bom jogo e o resultado em casa que estamos precisando”, pontuou o comandante.

O histórico entre as equipes é de vantagem para o clube do Norte. São 197 confrontos com 53 vitórias para o Alvinegro, 69 empates e 75 vitórias do JEC. Enquanto o Figueirense é líder com 13 pontos, o Joinville é só 8º, com 4 pontos.

Ficha técnica:

Joinville: Jefferson; João Ananias, Marlon, Luan e Tiago Costa; Leandro Bulhões, Clécio e Rodrigo Figueiredo; Robert (Baianinho), Rafael Grampoa e Nathan Cachorrão. Técnico: Zé Teodoro.

Figueirense: Denis; Kauê, Alemão, Pereira e Matheus Destro; Zé Antônio, Betinho, Patrick (Willian Pop), Matheuzinho e Alípio; Matheus Lucas. Técnico: Hemerson Maria. 

Local: Arena Joinville, em Joinville (SC). Data: 02/02/19. Hora: 19h

Arbitragem: Braulio da Silva Machado; com Gianlucca Perrone de Vasconcellos. 

Futebol