JEC 40 anos: A maior conquista da história tricolor e as lembranças do acesso à Série A

Quinta reportagem da série traz a conquista da Série B e o acesso à elite após quase 30 anos

Os quase 28 anos como coadjuvante do futebol nacional ou mesmo o ostracismo em relação aos melhores do futebol brasileiro contrastaram com o ano de 2014. Se não a principal, uma mais importantes temporadas certamente foi a do ano em que o JEC venceu a Série B. Mais do que um título nacional, aquela temporada ficou marcada pelo ano em que o Tricolor voltou à elite do futebol brasileiro.

Três anos depois de vencer a Série C, o JEC teve os anos de 2012 e 2013 para se preparar para o acesso. E assim o fez. Com uma campanha de finalista no Catarinense, a Série B daquele ano era a obsessão de direção, jogadores e torcedores de 2014.

Carlos Junior/arquivo/ND

Zagueiro Bruno Aguiar comemora o título da Série B 2014

No dia 4 de novembro daquele ano, em São Luiz, no Maranhão, o Joinville conquistava o seu lugar na Série A, com direito à vitória fora de casa por 2 a 1 diante do Sampaio Corrêa. Peça fundamental naquela conquista, o técnico Hemerson Maria ainda lembra de todos os detalhes da façanha. “Foi uma trajetória marcada pela regularidade. Ficamos quase todas as rodadas no G4. Tivemos a melhor defesa, um dos melhores ataques. O que marcou foi o equilíbrio do grupo, trabalhador e disciplinado”, comentou Maria.

Eram 90 minutos para a história. Talvez por isso, nenhum detalhe passe desapercebido pelo ex-treinador. “Tenho tudo gravado na memória. Começamos bem no jogo. No final tivemos a pressão. Era um time que só tinha perdido uma vez em casa. Lembro do gramado fofo, do calor. Não consegui conversar com os jogadores dentro do vestiário. Tudo está marcado, a alegria no aeroporto, no ônibus, a recepção da torcida”, recorda o treinador, que deixou o JEC após cinco jogos com o clube na Série A, em junho de 2015.

Carlos Junior/arquivo/ND

Técnico Hemerson Maria foi para a galera após a conquista de 2014

A trajetória de 2015, em que “bateu” e voltou na Série A está mais do que viva na cabeça do torcedor. Mas em 40 anos de história o que se perpetuará é o título da Série B de 2014. Depois dos gols de Everton e Fernando Viana, no Maranhão, Rogério, Bruno Aguiar e Edigar Junio foram os nomes que ajudaram a selar o título com uma vitória maiúscula sobre a Ponte Preta, na Arena, em 15 de novembro de 2014. Os 3 a 1 deixaram o JEC na liderança desde então até o fim do campeonato.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...