JEC vence o Brusque e encara o Figueirense na semifinal do Campeonato Catarinense

Classificado. Vaga foi conquistada no índice técnico. Primeiro jogo será na Arena, próximo domingo.

 

Carlos Jr./ND

Aldair beija escudo do JEC após amrcar o segundo gol na vitória sobre o Brusque.

     O Joinville venceu o Brusque por 2 a 0 na tarde de ontem pela última rodada do segundo turno do Campeonato Catarinense e garantiu vaga na semifinal da competição por índice técnico. O Tricolor terá pela frente o Figueirense na próxima fase e o primeiro jogo deverá ser no próximo domingo, às 16h, na Arena. A confirmação oficial do dia e horário será feita hoje pela Federação Catarinense de Futebol.
     O título do returno ficou mesmo com o alvinegro da Capital, após vencer o Camboriú, no Estádio Orlando Scarpelli por 3 a 2. Com isso, uma vaga se abriu por índice técnico e o JEC ficou com ela. Na outra semifinal vão se enfrentar Chapecoense, que passou pelo Criciúma por 3 a 1 e Avaí que eliminou o Metropolitano em Blumenau com uma goleada por 5 a 2, com vantagem de dois resultados iguais para o time do Oeste, a exemplo do Figueirense em relação ao Joinville.
     Na Arena, o JEC abriu o placar logo aos 5 minutos de jogo com Ramon. O meia recebeu passe do atacante Alex e tocou no canto esquerdo do goleiro João Ricardo, fazendo explodir os 10.474 torcedores presentes.  Pelo desenrolar do jogo, o segundo gol Tricolor parecia questão de tempo, porém o ataque não conseguia marcar e o goleiro João Ricardo realizava grandes defesas, como no chute forte de Alex aos dez minutos.
     Como não alcançava o gol, a ansiedade começou a bater e os erros de passe aumentaram, deixando o torcedor irritado nas arquibancadas. Com isso, o Brusque tentava algumas ofensiva, mesmo de forma tímida.
     Na etapa final, o desenho do jogo se manteve o mesmo. O JEC tentava e não marcava. Argel tentou de tudo. Sacou Ramon e colocou João Henrique, depois foi a vez de Badé substituir Gilton na ala esquerda, o que deu mais movimentação no setor. Mas foi a entrada do garoto Aldair que deu tranqüilidade ao torcedor.
     Aos 37 minutos, quando o Brusque assustava o Joinville, ele tabelou com Badé no lado esquerdo e chutou de primeira para fazer o segundo e garantir o Joinville na semifinal do estadual. Ao Brusque restou lamentar a campanha melancólica e o rebaixamento à segundona em 2013. O clube do Vale do Itajaí deve definir esta semana se irá disputar a Série D do Campeonato Brasileiro, no segundo semestre.

Aldair brilha no retorno ao time

    Ele chegou a ser afastado do grupo enquanto negociava sua renovação contratual. Treinou em separado e correu até mesmo o risco de ficar sem jogar pelo JEC este ano. Mas com após resolver sua situação com o clube e renovar sua permanência até o fim de 2013, Aldair foi reintegrado, agradou o técnico Argel nos treinamentos e ganhou uma chance no jogo de ontem. Entrou em campo e brilhou, deixando a marca de artilheiro em partidas importantes ao marcar o segundo gol contra o Brusque ontem.
    Após o jogo, Aldair agradeceu a oportunidade recebida e exaltou a união do grupo na busca pela vaga. Segundo o atleta, o momento agora é de concentrar para encarar o Figueirense. O técnico Argel Fucks também exaltou a qualidade de Aldair após o jogo. “Achei que fosse o momento de colocá-lo em campo e ele correspondeu, aproveitou a chance que teve”, garantiu. Aldair é uma das cinco opções de ataque do Joinville atualmente, ao lado de Lima, Bruno Rangel, Alex, Cristiano e Lima, que deve ficar fora por mais duas semanas.

“Time jogou pro gasto”

    Apesar de assegurar a vaga com uma vitória, o técnico Argel Fucks não ficou satisfeito com o desempenho do time na partida diante do Brusque. “Jogamos para o gasto. Não fizemos uma boa partida”, afirmou o treinador na coletiva de imprensa após a partida.
     No entanto, ele fez questão de ressaltar a recuperação do JEC durante a competição. “Tiramos o time da vice-lanterna e chegamos na última rodada dependendo só das nossas forças pra classificar, o que não aconteceu com nossos adversários”, lembrou.
     Duas estreias ocorreram na tarde de ontem. Uma delas foi a do zagueiro Maurício Ramos, substituto do suspenso Pedro Paulo. Ao lado de Linno, ele teve uma atuação regular. A outra estreia foi a do carrinho-maca. A cada vez que entrava em campo para buscar algum jogador machucado, ele era festejado pelos torcedores.
    O carrinho maca estará novamente em campo no próximo jogo, no clássico contra o Figueirense. Já Maurício deverá voltar para o banco de reservas para dar lugar ao titular,q eu retorna de suspensão.

Acesse e receba notícias de Brusque e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo