Jejum interminável: Avaí vai completar mais de 100 dias sem vencer na temporada

Atualizado

Já são 98 dias desde a última vitória do Avaí na temporada. Depois de vencer o time da Chapecoense por 2 a 1, em Chapecó, na última rodada da primeira fase do campeonato Catarinense , em 7 de abril, o torcedor azurra jamais voltou a celebrar um triunfo na temporada. O resultado, apesar do título Catarinense ainda em abril, foi a eliminação na Copa do Brasil e a condição de lanterna da Série A.

Leia mais

Até o próximo domingo, data do jogo contra o Goiás pela 11ª rodada da Série A, no estádio da Ressacada, serão 104 dias desde a última vez que o representante de Florianópolis na elite somou seus três pontos.

De lá para cá o time até foi campeão estadual – com dois empates na semifinal e final – perdeu a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil para o Vasco da Gama e agora se mantém como o único time entre os 40 da elite que ainda não venceu na competição nacional.

Gol do Fortaleza contra o Avaí, no Ceará. Foto: Pedro Chaves/Estadão Conteúdo

Esse tabu esconde um fato: a vitória contra a Chapecoense aconteceu de maneira protocolar já que a rodada não valia mais nada para nenhuma das equipes. O técnico avaiano que assinou a súmula da partida, por sinal, nem foi o então treinador Geninho, mas sim, o auxiliar Evando.

A última vitória do time considerado titular aconteceu um pouco antes, dia 3 de abril, 4 a 0 sobre o Brusque, em Brusque.

Dentro do estádio da Ressacada o torcedor precisa forçar a memória um pouco mais: foi no mês de março, contra o Tubarão, dia 30, 2 a 0.

Grupo pede trabalho

“Temos que seguir, temos que falar menos e trabalhar mais”. Foi dessa maneira que o zagueiro Betão descreveu a situação logo após a derrota para o Fortaleza, no último sábado, por 2 a 0, na saída do gramado.

O técnico Alberto Valentim disse que viu virtudes na equipe, mas que algumas situações terão que ser corrigidas para que a primeira vitória saia.

O grupo se reapresentou na tarde desta segunda-feira onde deu início a preparação para o duelo contra o Esmeraldino, às 19h de domingo.

Futebol