Conteúdo por Gazeta Esportiva

Jesus brilha e Daniel Alves chama a responsabilidade: as notas do Brasil

Atualizado

A Seleção Brasileira teve uma grande atuação individual na noite desta terça-feira, contra a Argentina, no estádio do Mineirão. Mesmo com alguns problemas coletivos e sofrendo mais do que o esperado quando a rival teve a posse de bola, principalmente entre o primeiro e o segundo gol, o time do técnico Tite viu Daniel Alves e Gabriel Jesus guiarem a equipe para o 2 a 0.

Alisson, seguro atrás, também merece destaque pela tranquilidade passada à equipe quando foi acionado. Além dele, as notas acima da média ficaram a cargo de Marquinhos, Thiago Silva e até Miranda, acionado em momento de extrema necessidade dos donos da casa. Veja abaixo o desempenho de cada um:

Alisson: 8 (Grande partida do goleiro, mais uma vez seguro e importante no momento de pressão da Argentina).

Daniel Alves: 9 (Excelente partida do lateral. Grande jogada no primeiro gol, deixando um adversário no chão, e segurança na defesa. Referência da equipe).

Marquinhos: 7,5 (Seguro, travou chute muito perigoso de Aguero e tirou o espaço de Messi em bola que atingiu a trave. Saiu machucado).

Thiago Silva: 6,5 (Abaixo do companheiro, mas também seguro na hora em que foi acionado. Mostrou boa noção de campo no lance em que Messi acertou a trave).

Alex Sandro: 5,5 (Pouco apareceu pelo lado esquerdo no primeiro tempo. No segundo arriscou um pouco mais. Na defesa se salvou nos duelos individuais).

Casemiro: 6 (Firme na marcação, só vacilou em duas saídas de bola. Encaixou a marcação na metade final do segundo tempo).

Arthur: 4,5 (Perdeu bolas decisivas e errou passes simples. Mal no jogo).

Phillippe Coutinho: 6 (Pegou pouco na bola e não acalmou o jogo quando o time precisou. Ganha alguns pontos por ter ido bem nos duelos individuais).

Gabriel Jesus: 9 (Melhor atuação do camisa 9 pela Seleção. Abriu o placar mostrando oportunismo e fez linda jogada no segundo gol, passando por três adversários antes de dar o passe para Firmino).

Roberto Firmino: 7 (Depois de dar bom passe para o gol de Jesus, sofreu para segurar a bola na frente. Apareceu para empurrar a bola no 2 a 0).

Everton: 4 (Foi bem marcado e o jogo correu pouco pelo seu lado. Não conseguiu passar pela marcação adversária quando teve a chance do duelo individual).

Willian: 5 (Melhorou um pouco em relação ao titular, mas nada que mudasse o Brasil)

Miranda: 7 (Brasil encaixou a marcação após a sua entrada de maneira impressionante. Seguro pelo alto).

Allan: Sem nota (Mal tocou na bola).

Tite: 6,5 (Viu o time tomar pressão da Argentina na maior parte do jogo e teve a bola carimbando a trave duas vezes. Acertou o time com a entrada de Miranda, mas o mérito maior da atuação vai para o talento individual dos seus jogadores).

Copa América