Conteúdo por Gazeta Esportiva

Jesus destaca Gerson e Arão e pede Gabigol na Seleção

Atualizado

O Flamengo venceu o Grêmio por 3 a 1 neste sábado, no Maracanã, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, e segue firme na terceira colocação na tabela da campetição, com 27 pontos. Com a derrota do líder Santos para o São Paulo, a distância para a ponta caiu para cinco pontos.

Após a partida, que manteve a invencibilidade de 12 jogos do Rubro-Negro em seu estádio, o técnico Jorge Jesus valorizou o potencial ofensivo da equipe. Nas 12 partidas o Flamengo marcou 33 gols, média de quase três por jogo, e sofreu 11.

Jesus destaca potencial Rubro Negro no ataque (Foto: Alexandre Vidal/ Marcelo Cortes/CRF)

“Os números justificam um pouco. Já fizemos aqui no Maracanã pelo Brasileiro 12 gols em três jogos. Mostra nossa forma de olhar ofensivamente para o jogo. No Maracanã, fundamentalmente, temos uma equipe muito criativa, com poder para fazer gol a qualquer momento,” disse Jorge Jesus.

O treinador Português elogiou o desempenho contra o Grêmio, e destacou em especial as atuações de Gerson e William Arão.

“Tem 22 anos. Não entendo como deixaram voltar da Itália. Não é novidade para mim. Não deram nada pelo Gerson. Grande jogador. É o nosso joker. Taticamente muito evoluído. Seja onde for, tem influência. O Arão é muito competitivo, joga 90 minutos com muita intensidade. Tecnicamente rende mais jogando de frente, como primeiro volante. O Diego, o pensador do jogo, não conto com ele. Isso me obrigou a olhar para o Arão e outros jogadores de forma diferente,” afirmou Jesus.

Poupado do confronto diante do Tricolor Gaúcho por estar retornando de lesão muscular na coxa, o atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol, também foi lembrado pelo treinador. Jorge Jesus espera ter o artilheiro da equipe na temporada de volta no próximo sábado, para o clássico contra o Vasco pela 15ª rodada do Brasileirão.

“Tenho que sonhar para o próximo sábado, o Gabigol estar preparado para fazer um campeonato extraordinário. É o melhor do Brasil. Também acho que a Seleção tem que começar a olhar mais para ele,” completou.

Para a partida no Mané Garrincha, em Brasília, Jesus não contará com o lateral-direiro Rafinha, que está suspenso após receber o terceiro cartão amarelo. No seu lugar entrará Rodinei.

“O Rafinha tem feito bons jogos, muito levezinho, bom jogo ofensivo. Não é fácil marcar no 1 contra 1. Muito experiente. Não vai jogar agora… entra outro. Nas laterais, jogando um ou outro, o time não vai sentir a diferença,” avaliou o treinador.

Mais Esportes