Jogador do Avaí é diagnosticado com novo coronavírus

Atualizado

O Avaí divulgou o balanço dos testes realizados pelo clube, no início da semana, em seus jogadores e funcionários. Foram 50 testes laboratoriais e outros 87 testes rápidos. Um atleta foi diagnosticado com a Covid-19 e já foi posto em período de quarentena, pelos próximos 14 dias. Outros três jogadores foram considerados “imunizados” onde, em tese, já contraíram os sintomas do novo vírus e atualmente estão curados.

Amaro Lucio, presidente em exercício do Avaí, comunica sobre a redução – Foto: Avaí FC/divulgação/ND

Na noite desta quarta-feira (13), em live realizada pela Rádio Avaí, o chefe do departamento médico do Leão, Luís Fernando Funchal falou sobre os trabalhos realizados no início da semana.

Leia também

Funchal explicou os trabalhos e os critérios utilizados para aplicar os testes “mais assertivos” em uma determinada parcela de jogadores e/ou funcionários.

O atleta que teve diagnosticado o problema não teve o nome divulgado pelo profissional que explicou ainda, sobre outros três que são considerados “imunes” por, em algum momento, já terem contraído o problema ou os sintomas.

O jogador infectado já está recolhido em quarentena juntamente com sua esposa. A prefeitura de Florianópolis, bem como a Vigilância Epidemiológica do município, já está cientes do caso que será controlado.

Funchal explicou que, depois de 14 dias, o atleta será submetido aos mesmos exames realizados no início da semana para que o caso, dessa forma, seja controlado.

Avaí vai à Prefeitura de Florianópolis

Depois do prefeito Gean Loureiro (DEM) se manifestar contrário a liberação dos treinos e trabalhos coletivos, em Florianópolis, o Leão da Ilha resolveu buscar alternativas.

Segundo nota emitida na noite desta quarta-feira (13), um ofício será encaminhado, nesta quinta, ao município “pedindo a reconsideração” da decisão de proibir treinos na capital. Na última segunda-feira o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL) publicou no Diário Oficial a liberação, com restrições, das atividades esportivas coletivas, no caso, o futebol.

Confira a nota do Avaí

O Avaí FC vai enviar nesta quinta-feira um novo ofício ao prefeito Gean Loureiro, pedindo a reconsideração da decisão de proibir o Avaí de treinar em campo, na Ressacada. O clube encaminhou o Protocolo de proteção, elaborado pelo médico Luis Fernando Funchal, esclarecendo vários pontos das medidas protetivas e a segurança que este trabalho representará para todos. Após esta resposta, o clube vai tomar as medidas já estabelecidas para seguir com a preparação para a volta às atividades.  Enquanto isso, os atletas treinam em isolamento social, com acompanhamento online.

Futebol