Conteúdo por Gazeta Esportiva

Jogadores do São Paulo encaram clássico contra o Santos como “final”

Após duas derrotas em casa, o São Paulo vai até a Vila Belmiro para encarar o Santos, neste sábado, às 17h (de Brasília), pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Buscando uma vaga direta para a Libertadores do próximo ano, os jogadores encaram essa partida, num momento de baixa tricolor, como uma final.

“Já estava na tabela que agora teríamos esse jogo contra o Santos. Não precisamos tratar como algo ruim, mas como uma oportunidade. Se vencer, a maré muda, então vamos encarar como uma final”, disse o atacante Pablo na última quarta-feira em coletiva de imprensa.

O Peixe é o terceiro colocado na tabela, com 64 pontos conquistados, 12 a mais que o São Paulo, que chegou a ficar encostado na equipe na tabela. Além disso, o time comandado por Jorge Sampaoli vem de cinco jogos sem perder, com um empate e quatro vitórias, todas essas seguidas.

Por outro lado, o São Paulo, mesmo com a chegada de Fernando Diniz, não vem se mostrando regular. Desde o final de setembro, são cinco vitórias, dois empates e quatro derrotas. Os dois últimos reveses foram em casa, contra Fluminense (2 x 0) e Athletico-PR (1 x 0), enquanto o Grêmio venceu uma sequência de cinco partidas e agora ocupa a quarta colocação.

Assombrados pela eliminação na pré-Libertadores em 2019, os jogadores do tricolor só pensam em vitória para os próximos compromissos que se seguirem, a começar pelo clássico contra o Santos.

“Temos que ganhar o clássico, não há outro resultado que podemos pensar. Independentemente de tudo o que acontece, temos que esquecer e focar no que vem pela frente”, completou Igor Gomes.

No próximo sábado, as equipes se enfrentam às 17h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para o confronto, Fernando Diniz não poderá contar com Antony, suspenso, e Walce, convocado para a Seleção Olímpica.

Futebol