Joinvilenses conquistam medalhas de ouro e de bronze no Sul-Americano do Peru

Atualizado

As joinvilenses Elaine Martins e Mariana Marcelino conquistaram medalhas de ouro no 51º Campeonato Sul-Americano de Atletismo ocorrido em Lima, capital no sábado (25), nas modalidades salto em distância e lançamento de martelo, respectivamente. Principais nomes brasileiros em suas provas, elas repetiram o feito de 2018. Já a atleta Simone Ponte Ferraz, que corre pela Corville, conquistou o bronze na prova dos 3 mil metros com obstáculos.

Elaine Martins (acima) garantiu-se no topo do pódio após salto de 6,71m – Wagner Carmo/CBAt/Divulgação/ND

Com um salto de 6,71m Elaine se garantiu no topo do pódio. Já Mariana conquistou o ouro após arremessar o martelo a 66,78m. Simone percorreu os três quilômetros em 10m05 e também disputou a prova dos 5 mil metros rasos com obstáculos ajudando o Brasil a manter a hegemonia na competição.

Mariana Marcelino ganhou o ouro após arremessar o martelo a mais de 60m de distância – Wagner Carmo/CBAt/Divulgação/ND

Composta por 60 atletas, a delegação brasileira conquistou os três principais troféus da competição – no masculino, feminino e no geral.  Em 51 edições do Campeonato Sul-Americano de Atletismo o Brasil venceu 32. Em três dias de competição o Brasil ganhou 44 medalhas sendo 15 de ouro, 19 de prata e 10 de bronze somando um total de 377 pontos. Em segundo lugar ficou a Colômbia com 288 e a Venezuela com 153 na classificação geral.

Leia também:

Elaine iniciou a carreira em Joinville ainda na infância. Aos 18 anos, ela se mudou para São Paulo e defende o Esporte Clube Pinheiros. A atleta disputou as Olimpíadas do Rio, em 2016, mas teve câimbras e abandonou a prova. Participou também do Mundial de Londres em 2017 onde conseguiu a 11ª colocação.

Mariana Marcelino começou sua carreira em Joinville e se destacou nacionalmente batendo vários recordes no lançamento de martelo. Foi treinar em São Paulo, onde se tornou uma das principais atletas do país na modalidade.

A catarinense Simone Ponte Ferraz, especialista em provas de fundo, passou a maior parte da carreira em Jaraguá do Sul e corre pela Corville há algumas temporadas. Ela tem se destacado cada vez mais no Brasil e na América do Sul. Recentemente, Simone bateu seu próprio recorde em sua primeira prova na Europa com o tempo de 2h38m35s.

Simone Ferraz conquistou o bronze na prova dos 3 mil metros com obstáculos – Wagner Carmo/CBAt/Divulgação/ND

O Sul-Americano de Atletismo ocorreu no estádio La Videna, onde serão disputadas as provas de Atletismo modalidade no Pan-Americano deste ano. Além da competição entre as Américas, as atletas joinvilenses buscam a classificação para as Olimpíadas de Tóquio, no Japão, em 2020.

Mais conteúdo sobre

Mais Esportes