Joinville comemora um ano do acesso à Série A

Vitória sobre o Sampaio Corrêa dia 4 de novembro de 2014, foi a última do JEC fora de Santa Catarina

Carlos Junior/Arquivo/ND

Centroavante Fernando Viana (à esq.) fez o gol do acesso e foi um dos nomes do título do JEC na Série B

Um título nacional, uma conquista estadual perdida no Tribunal e dois técnicos depois, o Tricolor comemora nesta quarta-feira (4) um ano do tão sonhado acesso à Série A. Há exatos 365 dias, em São Luiz, no Maranhão, o JEC conquistava um grande feito: voltar à elite do futebol brasileiro, algo que não acontecia desde 1987.

Peça fundamental naquela conquista, o técnico Hemerson Maria ainda lembra de todos os detalhes da vitória do JEC sobre o Sampaio Corrêa por 2 a 1 e da temporada 2014 à frente do Coelho. “Foi uma trajetória marcada pela regularidade. Ficamos quase todas as rodadas no G4. Tivemos a melhor defesa, um dos melhores ataques. O que marcou foi o equilíbrio do grupo, trabalhador e disciplinado”, comenta Maria em entrevista por telefone ao ND.

Atualmente se recuperando de uma cirurgia no quadril, o técnico campeão da Série B com o JEC descreve como maravilhoso o histórico 4 de novembro de 2014. “Tenho tudo gravado na memória. Começamos bem no jogo. No final tivemos a pressão. Era um time que só tinha perdido uma vez em casa. Lembro do gramado fofo, do calor. Não consegui conversar com os jogadores dentro do vestiário. Tudo está marcado, a alegria no aeroporto, no ônibus, a recepção da torcida”, recorda o treinador, que deixou o JEC após cinco jogos com o clube na Série A, em junho.

Outro personagem decisivo na façanha do Coelho foi o centroavante Fernando Viana. Prata da casa, o jovem assumiu a responsabilidade de substituir o artilheiro e ídolo Jael, que se lesionou na reta decisiva do Brasileirão 2014. “Esse dia ficou marcado para a história do Joinville, um dia muito especial e também marcou muito na minha vida, na minha carreira. Espero que possam vir muitos jogos marcantes para o Joinville, para mim. Fico feliz e grato por ter feito um bom trabalho no Joinville”, relembra Viana, atualmente reserva no elenco do Tricolor.

Depois da vitória sobre os maranhenses, o Joinville não venceu mais fora de Santa Catarina. Nem precisava. Mesmo com derrota para o Oeste, em Itápolis, no dia 29 de novembro, o JEC conquistou o título da Série B. Coincidencia ou não, desde então o Coelho ainda não venceu longe de SC. A única vitória do JEC fora de casa no Campeonato Brasileiro 2015 foi diante do Figueirense, em Florianópolis no primeiro turno.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...