Conteúdo por Gazeta Esportiva

Jorge diz que foi sondado pelo Corinthians e revela conversa com Andrés

Jorge comentou sobre o seu futuro (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Jorge tem contrato de empréstimo com o Santos até o final deste ano, quando retorna ao Monaco, da França, time detentor de seu passe. O lateral-esquerdo, porém, atrai a atenção de diversos clubes de ponta do Brasil, conforme ele mesmo disse após participar da partida beneficente promovida por Emerson Sheik na Arena Corinthians.

“Ainda está indefinido (o futuro). Vou ter que voltar para o clube que eu pertenço, que é o Monaco, eles me querem de volta. Vou pensar bem no que fazer. Pensar junto com meu empresário e meu pai, que cuidam da minha carreira. É difícil decidir assim. Sair tão bem do Brasil e voltar para a Europa em alto nível. Fico feliz pelas especulações que estão tendo pelo meu nome. Isso é o fruto do meu trabalho, que tive no Brasileiro”, declarou.

“Tenho mais três anos de contrato com o Monaco. Já fiz esse empréstimo com o Santos e é um pouco difícil eles me emprestarem de novo. Como tem muitos times de alto nível aqui como Flamengo, Palmeiras, Grêmio, Corinthians, Inter, é ver o que eles terão para o Monaco. Descansar agora esses poucos dias que vou ter para voltar bem lá e decidir o meu futuro”, completou.

Jorge ainda revelou uma conversa com Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, antes do evento beneficente. O jogador destacou que o dirigente externou a vontade de contar com seu futebol

“Só me deu um abraço e falou que torce por mim e que seja o melhor pelo meu futuro. Disse que gostaria de estar junto comigo no elenco. Como falei, é pensar bem porque tem muitos times não só do Brasil, mas da Europa. É pensar bem e resolver com calma”, finalizou.

Contratado pelo Santos a pedido de Sampaoli, Jorge se destacou ao longo da temporada, fez 35 partidas e marcou dois gols.

Mais Esportes