Conteúdo por Gazeta Esportiva

Jorge Sampaoli vê Pará como “reforço duplo” no Santos

Gustavo Henrique aprova chegada de Pará (Divulgação)

O técnico do Santos, Jorge Sampaoli, tinha outras prioridades para a lateral direita, mas está satisfeito com a contratação de Pará, do Flamengo.

Um dos motivos para Sampaoli aprovar a negociação é a polivalência do jogador de 33 anos. Meio-campista de origem, Pará se firmou como lateral nas últimas temporadas.

Pará já atuou como volante, ponta e lateral-esquerdo na carreira. No Peixe, porém, deve ganhar minutos como “lateral interno”. Victor Ferraz, Jorge e Felipe Jonatan são treinados para ajudar na criação pelo meio e/ou para formar a segunda linha de quatro, como pontas.

A múltipla função é característica do trabalho de Sampaoli. Além dos laterais como extremos ou meio-campistas, Lucas Veríssimo já foi lateral-direito, Pituca lateral-esquerdo, Jean Mota volante, Eduardo Sasha se firmou como centroavante, entre outros exemplos.

Pará deve fazer exames médicos nesta quinta-feira. Se aprovado, assinará até dezembro de 2020. Ele será uma “sombra” ao capitão Victor Ferraz.

A diretoria santista afirma que a negociação por Pará é “limpa”, sem compensação financeira, comissão ou luvas. O interesse e a aprovação de Jorge Sampaoli foram antecipados pela Gazeta Esportiva. 

Mais conteúdo sobre

Futebol