Justiça marca audiência após pedido do MP de suspensão de eleição do Vasco

Grupo do Ministério Público do Rio suspeita de irregularidades na lista de eleitores do pleito. Sessão do Juizado Especial do Torcedor acontece no dia 6 de outubro, às 13h

Eleição do Vasco está marcada para o dia 7 de novembro, em São Januário (Foto: Divulgação/Vasco)
Eleição do Vasco está marcada para o dia 7 de novembro, em São Januário (Foto: Divulgação/Vasco)

A eleição presidencial do Vasco ganhou mais uma capítulo nesta quarta-feira. O Juizado Especial do Torcedor, por conta de um pedido de suspensão do pleito feito pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, marcou uma audiência de conciliação com o clube para o dia 6 de novembro, às 13h.

O pedido de suspensão da eleição no Vasco foi divulgado nesta quarta pela manhã, no ‘Blog do Ancelmo Gois’, do jornal ‘O Globo’. Ele foi feito pelo Grupo de Atuação Especializada do Desporto e Defesa do Torcedor (Gaedest), do Ministério Público do Rio. O órgão suspeita de irregularidades na lista de eleitores.

A eleição no Vasco está marcada para o dia 7 de novembro. Concorrem ao cargo Antônio Fernandes (Chapa Novos Rumos), Eurico Miranda (Reconstruindo o Vasco), Fernando Horta (Mudança com Segurança) e Julio Brant (Sempre Vasco Livre).

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...