Conteúdo por Gazeta Esportiva

Kroos revela ser contra redução de salários: “Que todos façam coisas sensatas com ele”

Por conta da paralisação das competições esportivas devido ao coronavírus, muitos clubes têm discutido a possibilidade de reduzir os salários de seus funcionários, incluindo os jogadores, para lidar com os impactos financeiros. Nesta terça-feira, em entrevista ao podcast alemão SWR Sport, o meio-campo Toni Kroos, do Real Madrid, declarou acreditar que a diminuição salarial não seria benéfica aos clubes e defende que os atletas sejam pagos integralmente para realizarem boas ações com ele.

“Sou a favor de pagar o salário integral e que todos façam coisas sensatas com ele. Todos são convidados a ajudar quando necessário, e há muitos lugares onde é necessário”, afirmou o alemão, que ainda destacou que o time espanhol não pensa em reduzir o pagamento de seus jogadores.

Kroos acredita que os jogadores deveriam utilizar seus salários para ajudar a combater a Covid-19 (Foto: Divulgação/Toni Kroos)

Kroos também afirmou que se preocupa com o futuro de alguns clubes que não apresentam tanta renda, dependendo do tempo que os campeonatos continuarão paralisados.

“Muitos clubes não têm renda planejada. Também dependem de quanto tempo tudo será interrompido. Se, por exemplo, o futebol voltar a ser disputado em maio, certamente serão encontradas soluções. Se for necessário parar até o inverno (22 de dezembro, na Europa), posso imaginar que alguns clubes não conseguirão suportar. Isso mudaria o futebol como o conhecemos”, disse o jogador.

Futebol