Levir põe Santos entre os melhores elencos, mas está preocupado com ambiente interno

SAMIR CARVALHO

SÃO PAULO, SP (UOL/Folhapress) – Levir Culpi foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira, no CT Rei Pelé, como novo técnico do Santos. O treinador disse que o clube paulista tem um dos melhores elencos do Brasil, mas deixou claro que está preocupado com o ambiente do elenco. Dorival Júnior, seu antecessor, foi demitido após problemas com alguns atletas, entre eles, o argentino Emiliano Vecchio.

“É um fator que me preocupa muito. O ambiente de trabalho tem muita influencia da positividade. Eu penso muito nisso. A ideia é fazer um ambiente que todos se sintam felizes. Se alguém não estiver satisfeito é importante que essa pessoa saia. Você está insatisfeito no trabalho, você está muito próximo do fracasso. A gente consegue resultados com ambiente ruim, mas a gente não é feliz”, afirmou Levir.

Levir reconheceu que conhece o time do Santos, mas precisa estudar mais o elenco santista. Mesmo assim, o treinador arriscou a dizer que o elenco do alvinegro praiano está entre os melhores do Brasil.

“Eu não conheço muito [elenco]. Eu conheço pouco. A gente viu o time jogando, mas são 37 atletas. Tem até argentino no Santos. A gente não gosta de argentino. Eu brinco com eles. Eu tenho que conhecer melhor a personalidade de cada um. O elenco é um dos melhores do país. Não é possível que não tenha bons jogadores, são 37”, afirmou.

“Quero ver o elenco. Quem está jogando. Observei algumas coisas. Você contrata os melhores do mundo, a tendência é fazer o melhor trabalho. Mas os elencos são muito parecidos no Brasil. Depende do relacionamento. Você pode ter uma perola preciosa na Série C. Vale muito o trabalho. Eu acho ótimo o elenco do Santos. Nós temos força suficiente”, completou.

Levir já estreia no comando do Santos no clássico contra o Palmeiras nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador promete não fazer muitas mudanças na equipe que vinha atuando com Dorival Júnior e o técnico interino Elano.

Levir Culpi aceitou assinar um contrato mais curto com o clube paulista: até o fim do ano. O Santos terá também o auxiliar técnico pedido por Levir: Luiz Roberto Matterm, que estava trabalhando no Japão, e com o preparador físico Rodrigo Mel.

O ex-técnico de Atlético-MG e Fluminense receberá pouco menos de R$ 300 mil mensais por mês na Vila Belmiro.

Levir estava desempregado desde que deixou o Fluminense em novembro de 2016. O treinador também comandou Coritiba, Cruzeiro, São Paulo, Palmeiras, Botafogo, Cerezo Osaka, do Japão, e Atlético-MG.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...