Conteúdo por Gazeta Esportiva

Luciano Huck detalha acidente do filho durante prática de wakeboard

Vítima de um acidente durante a prática de wakeboard, esporte praticado com uma prancha puxada por um barco ou uma lancha, Benício, filho de 11 anos de Luciano Huck e Angélica, sofreu um traumatismo e afundamento do crânio, além de hematomas do lado direito da cabeça. A informação foi confirmada pelo próprio apresentador, que tranquilizou quanto estado da criança e agradeceu as mensagens recebidas.

Em entrevista concedida ao programa Fantástico, da Rede Globo, Huck detalhou o acidente sofrido pelo filho no último sábado em Ilha Grande, Costa Verde do Rio de Janeiro. Segundo o apresentador, Benício sofreu uma pancada da prancha na cabeça depois de uma queda. Após a realização de uma cirurgia, o quadro é estável, mas ainda não há previsão de alta.

Benício, filho de Luciano Huck, sofreu um traumatismo no crânio (Foto: Reprodução)

“Ele (Benício) caiu e a prancha bateu na cabeça dele. Ele não perdeu a consciência, estava consciente o tempo todo, mas fez um afundamento relevante e achamos melhor levá-lo para o hospital”, disse Luciano. “Ele sofreu uma fratura craniana e o protocolo era cirúrgico”, completou.

O wakeboard, praticado por cada vez mais pessoas no Brasil, já chamou a atenção de personalidades do esporte. Nomes como Neymar e Gabriel Medina já publicaram vídeos em suas redes sociais praticando o esporte que possui, inclusive, um medalhista. Nos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro, Marcelo Marques Giardi, o Marreco, conquistou a medalha de ouro.

De acordo com comunicado divulgado pelo Hospital Copa Star, em Copacabana, a cirurgia foi bem-sucedida, Benício está lúcido, movimenta braços e pernas e respira sem ajuda de aparelhos. “Ele está bem. Ainda não tem previsão de alta. Uma cirurgia neurológica é uma cirurgia na cabeça, então tem que ter calma, um passo de cada vez. Por mais traumático que seja temos que aprender com essas situações difíceis”, ressaltou Huck.

“Quero agradecer a todos que nos escreveram, todas as mensagens que recebemos, orações, carinho de todos os cantos. Muito obrigado, nossa família se sente confortada mesmo”, finalizou.

Criado nos Estados Unidos, o wakeboard foi inventado nos Estados Unidos, por volta de 1979, e surgiu inicialmente como uma alternativa para os surfistas em dias de poucas ondas no mar, já que o barco cria dificuldades para os adeptos. Em 1997, foi aberta a Associação Brasileira de Wakeboard, que realiza um Circuito Nacional da modalidade ao redor de todo o país.

Mais Esportes