Conteúdo por Gazeta Esportiva

Luiz Adriano prevê times que já retomaram treinos em vantagem no início do Brasileiro

Em uma decisão que frustrou os clubes paulistas, o governo estadual definiu o dia 1º de julho como data para retomar os treinamentos. Ainda em rotina de atividades a distância, o palmeirense Luiz Adriano prevê certa vantagem dos times que voltaram antes aos trabalhos presenciais, casos de Flamengo, Inter, Grêmio e Atlético-MG, por exemplo.

“É claro que quem já está treinando vai estar na frente dos demais. É natural essa vantagem, pensando no início do Campeonato Brasileiro, mas o Brasil é um país imenso e cada estado tem seu tempo para retornar”, afirmou Luiz Adriano em entrevista à Gazeta Esportiva.

Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras, já reiterou que as atividades na Academia de Futebol serão retomadas apenas com aval das autoridades sanitárias. Para ganhar tempo, no entanto, o clube alviverde iniciou na última quinta-feira os testes para covid-19.

“O futebol só está seguindo o retorno de acordo com as liberações de cada cidade e estado”, disse Luiz Adriano, compreensivo. “Não dá para exigir que todos retornem juntos, mas, sem dúvida, nós vamos trabalhar o dobro para estar no mesmo nível dos demais”, completou.

Impossibilitado de utilizar a Academia de Futebol, o Palmeiras montou um cronograma de trabalhos a distância. Com o time fazendo apenas atividades físicas de maneira remota desde o começo de maio, Luiz Adriano espera algum sofrimento físico na retomada.

“Tivemos um campeonato em alto nível interrompido e, embora estejamos treinando e procurando manter o físico ideal, não chega nem perto do que era o nosso dia a dia. É normal que, na volta, a gente sinta a parte física e a falta de ritmo, mas também acredito que vamos recuperar bem na sequência do trabalho”, declarou.

Futebol