Má fase começa no ataque: contratado para ser o “homem-gol”, Brenner decepciona no Avaí

Atualizado

Eram 15 minutos jogados no estádio Mané Garrincha, no último sábado (7) e o placar já assinalava 1 a 0 para o Flamengo sobre o Avaí, em jogo válido pela 18ª rodada da Série A. Foi nesse momento que o lateral Iury, da intermediária, levantou na área do adversário e a bola se ofereceu a Brenner, o camisa 9 azurra, com um toque parar em Diego Alves. Era um lance claro que o goleiro rubro-negro fez grande defesa, mas também um lance imperdível, sobretudo, dado o contexto de todo o enfrentamento.

Leia mais

O Avaí entrou na Série A 2019 para fugir do rebaixamento. Mesmo que o objetivo do Leão fosse outro e qualquer, a verdade é que um time, seja lá qual for o seu objetivo, precisa de um centroavante efetivo. Brenner, o atleta titular e que foi contratado para tal missão, voltou a falhar na última partida.

Um gol, aquela altura do jogo, poderia levar a partida para outro rumo mesmo que a derrota fosse praticamente inevitável diante do poderio ofensivo rubro-negro.

O lance, apesar de ser isolado, tem sido constante na passagem do atleta com a camisa 9 no Sul da Ilha. Até o momento foram dois gols em 11 jogos – além de quatro cartões amarelos.

Atacante Brenner; números não são bons com a camiseta azurra – André Palma Ribeiro/Avaí

O último tento do jogador, inclusive, faz tempo. Quase há um mês, empate em 2 a 2 com o Cruzeiro, no estádio da Ressacada, onde o atleta converteu um pênalti sofrido por Caio Paulista.

Em 18 jogos disputados, o Avaí soma nove gols assinalados. Tem o segundo pior ataque da competição, a frente apenas do CSA, que tem 7.

Daniel Amorim ainda é o artilheiro

Recentemente, em entrevista coletiva, o técnico Alberto Valentim elogiou o centroavante Daniel Amorim que estava “treinando bem”. O camisa 28, que soma 14 gols na temporada – um deles na Série A – não vem figurando na equipe titular e, tampouco, como um dos escolhidos para entrar em campo.

Valentim, por sinal, vem escolhendo o jovem Jonathan, da base, que estreou na vitória sobre o Fluminense e voltou a figurar na equipe na derrota par ao Flamengo.

Para a próxima rodada, no domingo, diante do Athlético-PR, Alberto Valentim pode promover mudanças. O grupo se reapresenta nesta terça-feira (10) onde dá início a sua preparação para o duelo.

Mais conteúdo sobre

Futebol