Conteúdo por Gazeta Esportiva

Marcello Ciavaglia é campeão do GP da 48ª Copa São Paulo

Na tarde do domingo (16), o GP Troféu Roberto Luiz Joppert, 1.50 metro, encerrou a 48ª Copa São Paulo, mais antigo concurso da Sociedade Hípica Paulista. Sagrou-se campeão o top carioca que defende São Paulo Marcello Ciavaglia apresentando Conto RJ. Foram 29 os conjuntos na 1ª volta e os melhores 8 habilitaram-se à 2ª e decisiva volta: com quatro brasileiros e quatro argentinos que vieram ao país para se preparar para os Jogos Pan-americanos 2019, entre 26/7 e 11/8, em Lima, Peru.

(Foto: Luis Ruas)

Somente dois conjuntos fizeram os dois percursos do GP idealizado por Gabriel Malfatti sem faltas: o vencedor Marcello montando Conto RJ com o tempo de 50s04 na 2ª volta e o experiente argentino Martin Dopazo apresentando Call Again Cevin, que cruzou a linha de chegada em 54s16. Conto RJ, de 12 anos, está com Marcello desde os quatro anos. “Devo esse resultado ao Roberto Jessourin, dono do Conto, que sempre nos apoiou. Quando o Conto era mais novo e ainda fazia faltas ele disse: continua com seu ritmo de galope se não der certo em dois anos a gente conversa”, destacou o campeão Marcello, 41, que em 2015 venceu o GP do Indoor na Hípica Paulista e na ocasião ainda foi vice com Conto RJ.

Já a 3ª colocação foi do cavaleiro top paulista José Roberto Reynoso Fernandez Filho com Azrael W, dupla vencedora da qualificativa do GP em 13/6 e tricampeão GP da Copa São Paulo 2014, 2015, 2016 e vice em 2017. Com o resultado de hoje, Zé Roberto, também tricampeão do ranking brasileiro senior top 2015/2016/2018, assumiu a liderança do ranking senior top após três de nove etapas.

O argentino Matias Albarracin com Cannavaro 9 foi 4º, seguido pelos brasileiros Artemus de Almeida com Cosete JMen IV e Thiago Mattos com Sulki do Santo Antonio, todos com apenas uma falta na soma dos dois percursos em 48s95, 50s83 e 51s77. A disputa distribui R$ 110 mil em premiação e o campeão ganhou dois Troféus um dele e outro para o cavalo oferecido por Roberta e Sandra Joppert, filhas do cavaleiro da SHP Roberto Luiz Joppert (in memorian) e Nelson Aliperti, grande amigo de Joppert.

Mais cedo, na manhã do domingo (16), o Clássico, a 1.40 metro, abriu as disputas do último dia da Copa São Paulo. Dos 73 conjuntos, 11 foram ao desempate. Com ótima atuação sem faltas em 36s73, a vitória ficou com o jovem paulista Juliano Loureiro Carlos montando WS Kandanora Z.

Sagrou-se vice-campeão Lucas Teixeira Lima com Alpha Condor, sem faltas, 37s47. Com esse resultado, Lucas largou na frente na 1ª etapa do Hermès Young Talent – voltado a jovens talentos entre 16 e 25 anos – que premia o campeão com uma clínica com o cavaleiro olímpico Pedro Veniss no Sunshine Tour 2020, na Espanha. O campeão Juliano, 25, não concorreu no Hermès porque completa 26 ainda esse ano. Em 3º lugar chegou Adolpho Carlos Lindemberg apresentando Upsilone de Bliniere que cruzou a linha de chegada sem faltas em 37s72. Todos por São Paulo.

Mais conteúdo sobre

Mais Esportes